Curta nossa página
Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


PNI contra a Covid-19

Professores e agentes de segurança deixam de ser prioridade em vacinação

Redação

Publicado

vacina
Foto/Imagem: Getty Images


O Ministério da Saúde alterou o Plano Nacional de Imunização (PNI) contra a Covid-19 e retirou professores e agentes de segurança pública dos grupos prioritários para a vacinação. Com isso, todas as secretarias estaduais de Saúde que seguirão as diretrizes nacionais em relação ao tema vão acatar as mudanças, inclusive a Secretaria de Saúde do Distrito Federal.

O plano inicial do ministério previa quatro fases de vacinação. Com a mudança para três fases, a Secretaria atualizou o documento distrital. Assim, os públicos prioritários serão:

1º – Trabalhadores da saúde, idosos a partir dos 75 anos e pessoas com 60 anos ou mais que vivem em instituições de longa permanência (como asilos e instituições psiquiátricas);

2º – Pessoas de 60 a 74 anos;

3º – Pessoas com as seguintes comorbidades: diabetes mellitus, hipertensão arterial grave, doença pulmonar obstrutiva crônica, doença renal, doenças cardiovasculares e cerebrovasculares, indivíduos transplantados de órgão sólido, anemia falciforme, câncer e obesidade grave.

Ao todo, a pasta prevê vacinar 604,8 mil pessoas nas primeiras três fases da imunização em todo o Distrito Federal.

O plano atualizado esclarece ainda que não deverão receber a vacina menores de 18 anos, gestantes e pessoas que apresentaram reação anafilática confirmada a qualquer componente das vacinas contra a Covid-19. As contraindicações também estão previstas no plano do Ministério da Saúde.

Publicidade
Comentários
Publicidade
Publicidade

Copyright © 2015-2021 AVB - AO VIVO DE BRASÍLIA - Todos os Direitos Reservados. CNPJ 28.568.221/0001-80 - Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços de notícias de agências nacionais e internacionais, assessorias de imprensa e colaboradores independentes. #GenuinamenteBrasiliense