Curta nossa página

Caução até 26 de maio

Licitação da Terracap coloca 111 imóveis à venda em 13 regiões do DF

Publicado

Terracap
Foto/Imagem: Borowskki/AVB


A procura por imóveis no Distrito Federal continua crescendo. O último levantamento realizado na capital federal mostra que, somente em fevereiro deste ano, o índice de velocidade de vendas (IVV) avançou 9% se comparado com o mês imediatamente anterior. E quem busca oportunidades para morar ou investir pode participar da licitação da Agência de Desenvolvimento do DF (Terracap).

Em maio, são 111 lotes disponíveis para venda. Destaque para terrenos de uso residencial no Guará e no Jardim Botânico, que voltaram a figurar em edital. O documento, com valores e metragens dos imóveis, está disponível para download no site da Terracap.

Podem participar do processo licitatório da Terracap quaisquer pessoas, físicas ou jurídicas. Os interessados devem ficar atentos aos prazos: caução até dia 26 de maio e licitação no dia subsequente (27), a partir das 9h. As condições de pagamento são: 5% de caução, entrada (com abatimento da caução) e o restante em até 180 meses, a depender do imóvel escolhido.

Todo o procedimento licitatório pode ser feito on-line, por meio portal da agência. Já os clientes que tiverem interesse de entregar a proposta de compra e o comprovante da caução pessoalmente ainda contam com a opção do drive-thru, no estacionamento do edifício-sede da Terracap. A licitação será transmitida ao vivo pelo canal da agência no YouTube.

Os lotes no Guará e no Jardim Botânico estão de volta. São regiões administrativas que atraem mais interessados pela localização e, ainda, pela possibilidade de valorização dos imóveis.

Muito próximo do Plano Piloto, o Guará acaba por despertar o interesse de pessoas que desejam se mudar para lá.  Além disso, há, na região, parque ecológico, diversos equipamentos públicos, a famosa Feira do Guará, duas estações de metrô, ciclovias, áreas de lazer comunitárias, proporcionando qualidade de vida aos moradores.

A Terracap oferta neste edital nove terrenos no Guará II, quatro deles para uso residencial unifamiliar e outros cinco para uso misto. Os lotes residenciais ficam nas quadras 44, 50, 52 e 54, têm metragem de 130 m² a 144 m², com o dobro de potencial de construção. As entradas são a partir de R$ 10,8 mil.

Já os terrenos para implantação de atividades produtivas vão de 150 m² a 1,2 mil m². Os lotes permitem desde comércio de bens e serviços a um posto de combustível. O público consumidor já está consolidado, tornando a região administrativa propícia para investimento.

Vale lembrar que, com a complementação da infraestrutura das QEs 48 a 58 e, mais recentemente, com a aprovação da criação da quadra QE 60, a tendência é que se aumente a população e, por consequência, a demanda por novos empreendimentos comerciais.

Também restam poucas unidades destinadas a residência unifamiliar no Jardim Botânico. Tal qual o Guará, o bairro já se encontra consolidado, com a expansão comercial e de prestação de serviços. A região administrativa é composta por condomínios fechados e horizontais.

No local, houve obras de paisagismo, iluminação, além da construção do Parque Vivencial, realizadas pela Terracap, o que valoriza as propriedades ali existentes. Os terrenos unifamiliares têm metragens de 800 m² a 854 m², com entradas a partir de R$ 21,5 mil. Há, ainda, uma opção de imóvel para uso institucional, com 2,8 mil m².

Recanto das Emas e Samambaia também são regiões com grande potencial para investimento. No Recanto das Emas, são nove oportunidades, parte delas na Avenida Vargem da Bênção, uma das mais importantes da região, que passa de 6 km de extensão. Mas também há terrenos na Avenida Central e na Avenida Buriti. Com R$ 2,3 mil de entrada, é possível concorrer a um lote na RA. São ofertados em edital projeções com metragens de 56 m² a 1,2 mil m².

Já em Samambaia há 47 imóveis disponíveis para venda, com foco no comércio e na prestação de serviços. Ali, encontram-se, por exemplo, terrenos com 100 m² e entrada a partir de R$ 5,4 mil, uma oportunidade para o pequeno investidor que deseja iniciar o negócio ou mesmo para aquele que já possui um empreendimento e planeja ampliá-lo. Mas há lotes maiores, como o localizado na QN 313, de 2,3 mil m² e entrada a partir de R$ 94 mil.

Atualizado em 12/05/2022 – 20:45.

Publicidade
Comentários
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas da Semana