Curta nossa página
Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Politizando a vacina

Após anúncio da Saúde, Bolsonaro diz que não vai comprar CoronaVac

Redação

Publicado

Foto/Imagem: Andre Borges/EFE


Menos de 24 horas após o Ministério da Saúde anunciar a inclusão da vacina chinesa CoronaVac contra a Covid-19 no Programa Nacional de Imunização (PNI) e a compra de 46 milhões de doses do imunizante pelo governo federal, o presidente Jair Bolsonaro afirmou, ao responder a um apoiador no Facebook, que a vacina não será adquirida pelo governo.

Reprodução/Facebook

“NÃO SERÁ COMPRADA”, respondeu Bolsonaro diante do comentário de um apoiador que criticou a vacina da Sinovac por ser chinesa e dizer que a China é uma ditadura.

A China é o maior parceiro comercial do Brasil, porém, é alvo constante de críticas da base mais radical de apoio ao presidente Jair Bolsonaro.

Publicidade
Comentários
Publicidade
Publicidade

Copyright © 2015-2020 AVB - AO VIVO DE BRASÍLIA - Todos os Direitos Reservados. CNPJ 28.568.221/0001-80 - Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços de notícias de agências nacionais e internacionais, assessorias de imprensa e colaboradores independentes. #GenuinamenteBrasiliense