Curta nossa página

Zoológico oferece passeio gratuito em triciclos motorizados

Publicado

Foto/Imagem:


Por onde passam, os veículos amarelos chamam a atenção, principalmente das crianças. À disposição do público desde o sábado (25), o passeio a bordo de dois triciclos motorizados pelas alamedas do Jardim Zoológico de Brasília pode ser feito por qualquer pessoa, de forma gratuita. Testado durante o feriado de aniversário dos 55 anos de Brasília, o serviço foi aprovado por quem experimentou dar uma voltinha neste fim de semana.

“Eu vi o triciclo passando e fiquei curiosa, é um atrativo a mais para as crianças”, conta Divina Maria da Cunha, de 53 anos, que fez o passeio na companhia da neta Ana Júlia Mendonça. “Da próxima vez eu quero andar de novo, é muito massa”, comenta animada a menina de 9 anos.

“É bom para quem vem pela primeira vez, para conhecer o espaço, mas é um pouco difícil de ver os bichos”, reflete Janira Borja, de 32 anos, que pegou carona no triciclo com Júlia Borja e Lucas Cantanhêde. “É bom para ver a diversidade, mas para quem quer ver os bichos direito, o melhor é ir andando”, opina Júlia, que tem 9 anos. “Consegui ver a lhama e o avestruz”, comemora Lucas, que garante não ter sentido medo. “O motorista é bom”, opina com propriedade o menino de 6 anos.

A ideia do serviço está mais ligada à mobilidade dentro do zoológico do que à visualização dos animais. Os triciclos são o pontapé de uma estratégia que busca alternativas à forma convencional de visitação, em que o público percorre a área em veículos próprios. Em momentos de pico, o espaço chega a receber de 1,5 mil a 2 mil carros simultaneamente, o que gera engarrafamentos e dificuldades de estacionamento, além do barulho e da poluição dos motores.

Segundo a Fundação Jardim Zoológico de Brasília, o passeio nos triciclos será feito de forma experimental por um período de pelo menos dois meses, no qual serão colhidas a opinião e as sugestões de quem desfrutar do serviço. A depender da avaliação, eles poderão ser mantidos, inclusive com uma ampliação da frota.

A chegada dos veículos é fruto de uma parceria entre a Fundação e uma empresa de motos, que arca com a assistência técnica e a limpeza dos equipamentos, além de disponibilizar os pilotos. Com capacidade para levar de duas a três pessoas, a depender do número de adultos e crianças, os triciclos contam com motoristas — não sendo guiados, portanto, pelos visitantes — e estão disponíveis aos sábados e domingos. No futuro, existe a possibilidade de ampliação para outros dias da semana.

A longo prazo, a Unidade de Projetos e Programas da Fundação Jardim Zoológico de Brasília estuda outras alternativas de locomoção pelo parque. Entre as opções, estão bicicletas, triciclos com pedal e até mesmo veículos elétricos. As iniciativas, entretanto, também dependem de parcerias externas.

Atualizado em 27/04/2015 – 08:15.

Publicidade
Comentários
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas da Semana