Curta nossa página

Veículos

Versão de topo do BMW X3 será produzida em Santa Catarina

em

Divulgação/BMW

BMW vai começar a produzir também a versão de topo da nova geração do X3 em Araquari (SC). A M40i começa a ser montada na próxima semana, junto da variante de entrada xDrive30i, feita no local desde março. Além do BMW X3, a fábrica catarinense também faz os X1, X4 e Série 3. O preço do X3 de topo não muda em relação ao importado, sai por R$ 397.950.

O X3 nacional mantém o nível de equipamentos do modelo importado. Há itens como monitores de ponto cego e faixa de rolamento, assistente de estacionamento automático e câmeras ao redor do carro. O modelo também será o primeiro carro nacional com sistema de condução semiautônoma.

Há ainda sistema multimídia com tela sensível ao toque de 10,2 polegadas, head-up display, faróis de LED e cluster de instrumentos virtual com tela de 12,3 polegadas. O sistema de som tem alto falantes da Harman Kardon.

Sob o capô, um poderoso seis cilindros em linha de 3,0 litros e 360 cv. São ainda 51 mkgf de torque entregues entre 1.580 e 4.800 rotações. O câmbio é automático de oito marchas e a tração é integral. Veja aqui a avaliação do modelo.

Continuar lendo
Publicidade

Veículos

Audi e Hyundai fecham parceria para carros a hidrogênio

em

Publicado por

Divulgação/Audi

Audi e a Hyundai firmaram uma parceria para o desenvolvimento conjunto de tecnologias de célula de combustível a hidrogênio. As duas empresas deverão ter patentes em comum e criar componentes conjuntos para levar a tecnologia de células de combustível à produção em série.

A marca alemã acredita que o sistema é o mais viável para geração de energia elétrica para os carros do futuro. As vantagens devem ser ainda mais expressivas para carros maiores. Isso ocorre já que o sistema de célula de combustível é bem mais leve do que as baterias recarregáveis.

Além disso, deve permitir autonomias maiores do que os modelos a bateria. Os tempos de recarga serão semelhantes aos carros com motor a combustão.

Dentro do Grupo Volkswagen, a Audi é a responsável pelo desenvolvimento da tecnologia. O sistema poderá ser usado por outras marcas do conglomerado.

Hidrogênio tem futuro próximo

O primeiro modelo movido a célula de combustível deverá ser mostrado já no início da próxima década, a partir de 2020. Será um SUV grande com produção limitada. Os frutos da parceria com a Hyundai virão apenas depois, na próxima geração de propulsores a hidrogênio de Audi e Hyundai.

Continuar lendo

Veículos

Renault Sandero fica até R$ 2.650 mais caro na linha 2019

em

Publicado por

Divulgação/Renault

Clientes Renault interessados em fechar negócio no compacto Sandero terão de fazê-lo a partir desta semana pagando um pouco mais. Conforme adianta o site oficial da marca, todas as versões do portfólio sofreram reajustes de preço e ficaram até R$ 2.650 mais caras. No acesso da gama, a variante Expression 1.0 saltou de R$ 44.050 para R$ 45.290, o afastando mais ainda do modelo de entrada, Kwid, enquanto a topo de linha RS Racing Spirit 2.0 foi de R$ 66.750 para R$ 69.050.

Entre as opções intermediárias, o maior aumento foi aplicado à configuração Stepway Dynamique 1.6, cujo preço subiu de R$ 62.250 para R$ 64.900 (acréscimo de R$ 2.650). A mesma versão equipada com câmbio automatizado Easy R também teve reajuste considerável (R$ 2.600), saindo de R$ 65.700 para R$ 68.300. Em nenhum dos casos houve mudança de conteúdo ou no conjunto mecânico.

Tabela Renault Sandero:

Versão Preço anterior Preço atual Aumento
Authentique 1.0 R$ 44.050 R$ 45.290 R$ 1.240
Expression 1.0 R$ 47.850 R$ 49.090 R$ 1.240
Vibe 1.0 R$ 50.000 R$ 51.890 R$ 1.890
Expression 1.6 R$ 52.900 R$ 53.800 R$ 900
GT Line 1.6 R$ 57.750 R$ 59.500 R$ 1.750
Stepway Expression 1.6 R$ 59.050 R$ 60.000 R$ 950
Stepway Dynamique 1.6 R$ 62.250 R$ 64.900 R$ 2.650
Stepway Dynamique 1.6 Easy R R$ 65.700 R$ 68.300 R$ 2.600
Sandero RS 2.0 R$ 63.750 R$ 65.500 R$ 1.750
Sandero RS Racing Spirit 2.0 R$ 66.750 R$ 69.050 R$ 1.650

Continuar lendo

Veículos

BMW i3 reestilizado chega ao Brasil por R$ 199.950

em

Publicado por

Divulgação/BMW

Um dos primeiros elétricos a desembarcar no Brasil, o BMW i3 agora aparece renovado. Como apresentado em agosto do ano passado, o hatch tem leves mudanças visuais e técnicas, mas não perdeu sua identidade única, que o faz chamar bastante atenção pelas ruas do país.

Por fora, o i3 traz novo parachoque dianteiro, que aumenta a sensação de largura do elétrico, assim como o perfil esportivo demonstrado pela peça traseira. As rodas de 19″ e 20″ também são novas, mas mantém os pneus finos. Os faróis mantém o mesmo formato, inclusive o sistema fullLED inclusive na luz diurna, mas a luz de direção perde o formato redondo e assume um desenho mais condizente com o resto do carro.

O BMW i3 mantém o motor elétrico, com o equivalente a 170 cv (125 kW), com tração traseira, mas a bateria ganha maior capacidade de armazenamento de energia, chegando aos 180 km. Junto, há o extensor de autonomia (chamado de REX), um motor de 647 cc instalado na traseira, que ainda produz energia para mais 150 km de uso. O 0 a 100 km/h divulgado é de 8,2 segundos, com velocidade máxima de 150 km/h. A estrutura de alumínio e fibra de carbono, com peças do exterior em plástico, colabora para o baixo peso.

O i3 renovado chega em três versões: i3 REX, com preço sugerido de R$ 199.950, i3 REX Connected, que parte de R$ 211.950, e REX Full, por R$ 239.950.

Continuar lendo
Brasília, 25 de junho de 2018

Publicidade
Publicidade
Publicidade