Curta nossa página
Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Até fevereiro

Veja algumas opções de lazer para as crianças nas férias escolares

Redação

Publicado

Foto/Imagem:


Durante o período de recesso escolar, shoppings, espaços culturais e colônias de férias no Distrito Federal oferecem programações variadas para as crianças. Entre as opções, há várias atividades gratuitas. Algumas atividades podem ser conferidas até o final de fevereiro. Veja abaixo a programação.

SHOPPINGS

Mega pista patinação no gelo
Data: até 14 de fevereiro.
Local: Taguatinga Shopping.
Horário: de segunda a sexta, das 12h às 22h. Sábado, das 10h às 22h. Domingo e feriados, das 12h às 20h.
Ingresso: de segunda a quinta: R$ 30 (30 minutos); R$ 50 (1 hora) e R$ 30 (15 minutos) o carrinho para crianças entre 2 e 4 anos; de sexta a domingo e feriados: R$ 35 (30 minutos), R$ 60 (1 hora) e R$ 35 (15 minutos) o carrinho para crianças entre 2 e 4 anos.

Mega piscina de bolinhas
Data: até 28 de fevereiro.
Local: Taguatinga Shopping.
Horário: de segunda a sábado, das 10h às 22h. Aos domingos e feriados, das 12h às 22h.
Valor: R$ 15 por 30 minutos.

Férias radicais com arvorismo
Data: até 15 de fevereiro.
Local: Terraço Shopping.
Horário: segunda a sábado das 10h às 22h; domingos e feriados, 12h às 22h.
Valor: R$ 25: Combo Adventure (arvorismo e descida de tirolesa).
R$ 30: Combo Xtreme (arvorismo, descida de tirolesa e a parede de escalada).

“João e Maria” – teatrinho infantil
Data: 24 de janeiro.
Local: Terraço Shopping.
Horário: 17h.
Valor: entrada gratuita.

“A borboleta corajosa” – teatrinho infantil
Data: 31 de janeiro.
Local: Terraço Shopping.
Horário: 17h.
Valor: entrada gratuita.

Exposição “Guerreiros: os maiores da história”
Data: até 7 de fevereiro.
Local: Parkshopping.
Horário: 17h.
Valor: entrada gratuita.

Brinquedão: férias divertidas
Data: até 14 de fevereiro.
Local: Brasília Shopping.
Horário: 12h às 20h.
Valor: entrada gratuita.

Exploração Discovery Kids
Data: até 31 de janeiro.
Local: Shopping Iguatemi Brasília.
Horário: de domingo a sexta, a partir das 13h, e aos sábados, a partir das 10h.
Valor: entrada gratuita. A retirada de ingressos é feita na bilheteria localizada no 1º piso, próxima à entrada principal.

Domingo é Dia de Teatro: O Circo de OZ
Data:  24 de janeiro.
Local: Teatro Eva Herz – Livraria Cultura do Iguatemi Brasília.
Horário: 15h.
Valor: entrada gratuita. Os ingressos devem ser retirados no dia do espetáculo, a partir das 12h, no Concierge do Iguatemi Brasília, localizado no piso térreo.

Briquedoteca: A floresta
Data: indeterminado.
Local: Boulevard Shopping Brasília.
Horário: segunda a sábado das 10h às 22h e domingos e feriados das 14h às 20h.
Valor: 30 minutos: R$ 18; uma hora: R$ 36; excedente de 15 minutos: R$ 9.
Idade: de 10 meses a 10 anos.

Quintal divertido do Conjunto
Data: até 31 de janeiro.
Local: Shopping Conjunto Nacional.
Horário: de segunda a sexta, das 14h às 20h.
Serviço: oficinas de leitura de histórias, brincadeiras, malabares, oficinas de livrinho, oficinas de máscaras, oficinas de biscuit, fantoche, bolha de sabão, plantação e cupcake.

COLÔNIAS DE FÉRIAS

45ª Colônia de Férias Minas Brasília Tênis Clube
Data: até 29 de janeiro.
Horário: das 14h às 18h.
Idade:  entre 3 e 13 anos.
Serviços: cinema, boliche, parque aquático, oficinas, gincanas e brincadeiras
Valor: uma semana: R$ 270; duas semanas: R$ 400; três semanas: R$ 515.
Informações: 8114-5912 / 3307-1102 / www.coloniadeferiasbrasilia.com.br.
Local: Minas Brasília Tênis Clube.

3ª Colônia de Férias de Verão (Summer Camp)
Data: até 31 de janeiro.
Horário: segunda a sexta (período integral).
Idade: entre 6 e 15 anos.
Serviço: oficinas artesanais de álbum de fotos, porta-copos, móbile, jogos de damas, contadores de histórias, produção e interpretação de textos, desenhos e pinturas
Valor: a partir de R$ 50 (por oficina).
Informações: 3024-8868 / www.ensinamais.com.br.
Local: CLN 305, bloco E, sala 212.

Colônia de Férias Multi Sports
Data: a critério da família.
Horário: das 8h às 12h e das 14h às 18h.
Idade: de 5 a 15 anos.
Serviço: colônia de férias personalizada. Vai até o condomínio ou a casa e realiza as atividades em horário de acordo com o interesse da família. Atividades esportivas, gastronômicas e sustentáveis (mínimo de dez crianças).
Valor: R$ 250 por criança – uma semana (meio período).
Informações: 8118-0227 e 8242-5616.

49ª Colônia de Férias Mapati
Data: até 5 de fevereiro.
Horário: segunda a sexta, das 8h às 18h.
Idade: para crianças de 3 a 8 anos.
Serviços: brincar de corda, fazer bonecos de pano, desenhar, oficinas de circo e oficina de teatro. Nas sextas-feiras, amigos e familiares acompanham o fechamento da semana com obras produzidas pelas crianças.
Valor: pacote semanal – meio turno a partir de R$ 280 (matutino) e R$ 365 (vespertino) – integral R$ 490.
Informações: 3347-3920 / 9119-28824 / 8136-3035 / mapati@mapati.com.br.
Local: 707 Norte, bloco K, casa 5 – Área residencial.

Colônia de Férias Fashion Teen
Data: até 29 de janeiro.
Horários: das 9h às 12h e das 15h às 18h.
Idade: 8 a 16 anos.
Serviços: produção de fotos, oficinas  de bijuterias, de comidas, de coroa de flores, de filtro dos sonhos e canetas, maquiagem, customização de roupas, etiqueta, oficina de penteados, gincanas e jogos.
Valor: R$ 385.
Informações: 3366-2277 / 8500-2277.
Local:  SCLS 410, bloco D, loja 20.

Colônia de Férias Playteca Espaço Recreativo Educacional
Data:  até 30 de janeiro.
Horário: das 8h às 13h, das 13h às 18h ou das 8h às 19h.
Idade: 2 a 10 anos.
Serviços: cama elástica, oficinas, passeios e gincanas.
Valor: uma semana: R$ 150 parcial;  integral: R$ 300, duas semanas: R$ 250 parcial; integral R$ 500.
Informações: 3256-6063 / 9972-2231.
Local: Colônia Agrícola Águas Claras, Residencial Manacá, chácara 15A, lote 28.

ATIVIDADES CULTURAIS

Buster on tour no Brasil – Cinema infantil da terra dos vikings
Data: até 25 de janeiro.
Horários: sexta (22):
15h: Brasileirinhos.
17h30: “As Aventuras do Avião Vermelho”.

Sábado (23):
11h: Sessão Curtinha 3 – com recreação.
15h: “Bram Pimentinha”.

Domingo (24):
11h: Brasileirinhos.
15h: “O Menino e o Mundo”.

Segunda (25):
15h: Sessão Curtinha 2 – com recreação.
17h30: “A Banheira do Benny”.
Valor: inteira: R$ 4; meia: R$ 2.
Informações: 3108-7600.
Local: CCBB Brasília.

CCBB Educativo
Data: até 31 de janeiro.
Horários: Laboratório aberto.
Sábado e domingo, das 9h às 18h.
Espaço para experiências, vivências e reflexões, com leituras relacionadas às exposições em cartaz no CCBB.
Indicação: livre

Livro vivo
Sábado e domingo, 12h.
Leitura coletiva, acompanhada de um leitor experiente.
Indicação: livre.

Em Cantos e Contos
Sábado e domingo, 11h e 15h
Contação de histórias, com bonecos, objetos cotidianos e músicas.
Indicação: livre.

PicNic Educativo
Sábado, 13h.
Um piquenique com personagens da história de Brasília.
Indicação: 7 anos.

Visita Teatralizada ao CCBB
Domingo, 10h.

Pequenas mãos
Sábado e domingo, 14h.
Indicação: 3 a 6 anos.

Musicando
Sábado e domingo, 16h.
Laboratório de experimentações sonoras. Não é necessário saber tocar instrumentos.
Indicação: 7 anos.

Laboratório de Artes Visuais
Sábado e domingo, 17h.
Técnicas possíveis para construção de uma obra de arte e brincadeiras de como ser artista.
Indicação: 7 anos

Visita Mediada em Libras
Quinta, sexta e sábado, das 9h às 17h.
Indicação: 5 anos.

Publicidade
Comentários

Decreto nº 41.874

Ibaneis decreta toque de recolher entre 22h e 5h no DF, a partir desta segunda

Redação

Publicado

Por

Redação
Foto/Imagem: Renato Alves/Agência Brasília

O governador Ibaneis Rocha (MDB) decidiu decretar toque de recolher no Distrito Federal, entre as 22h e as 5h, já a partir desta segunda-feira (8). A medida está prevista em decreto publicado no início da tarde, e vale até as 5h de 22 de março.

Segundo o texto, nesse período, “todos deverão permanecer em suas residências em período integral, ressalvado o deslocamento realizado, em caráter excepcional, para atender a eventual necessidade de tratamento de saúde emergencial, ou de aquisição de medicamentos em farmácias”. Em caso de descumprimento, o infrator será levado à polícia e terá de pagar multa de R$ 2 mil.

A nova regra ocorre em meio ao agravamento da pandemia na capital e se soma às restrições impostas a serviços não essenciais desde 28 de fevereiro. Na madrugada desta segunda, a taxa de ocupação de leitos de UTI na rede pública chegou a 100%.

Além do toque de recolher, o governador também estendeu as restrições aos serviços não essenciais. Inicialmente, elas acabariam em 15 de março. No entanto, o novo texto prevê o fim apenas em 22 de março.

Toque de recolher

O decreto afirma ainda que será permitido “o deslocamento individual realizado após às 22h, desde que configurada a intenção de retorno à residência e seja realizado logo após o término de jornada de trabalho regular”.

Todos os estabelecimentos que estão autorizados a funcionar devem fechar as portas às 22h, com exceção de:

  • Hospitais
  • Clínicas médicas e veterinárias
  • Farmácias
  • Postos de combustíveis
  • Funerárias

Ainda de acordo com o decreto, entregas de serviços de delivery podem ser feitas até as 23h, desde que o pedido tenha sido realizado até as 22h, “ficando o estabelecimento autorizado a funcionar exclusivamente para finalizar as referidas entregas”.

Quanto ao transporte público, o texto indica que não haverá mudança no horário de funcionamento, “a fim de atender às emergências e à necessidade de deslocamentos inadiáveis que possam vir a ocorrer durante o período”.

Continuar lendo

Amamenta Brasília

Bancos de leite humano do Distrito Federal precisam de doações urgentemente

Redação

Publicado

Por

Redação
Foto/Imagem: Vinicius de Melo/Agência Brasília

A coleta de leite materno precisará novamente neste ano de mais gestos solidários das mães doadoras. É que houve uma redução preocupante em janeiro e fevereiro, de 21% e 24,6% em relação a dezembro de 2020, acendendo um sinal de alerta no Banco de Leite Humano (BLH) do Distrito Federal.

No mês passado, as doações de leite materno foram de 1.248,5 litros. Esse volume é 16,7% inferior ao mínimo de 1,5 mil litros para manter os estoques estáveis. Em janeiro foram coletados 1.305,9 litros, inaugurando a tendência decrescente em comparação a dezembro, quando foram coletados 1.657,7 litros.

Antes, o setor havia comemorado o aumento das doações em 2020, mesmo na pandemia, em volume  5,7% superior ao de 2019. No ano passado, foram arrecadados 17.976,1 litros , enquanto que em 2019 a coleta registrou 17.003,9 litros.

Alimento precioso

Entre as 14 unidades que recebem doações, a maior queda foi no Banco de Leite Humano do Hospital Regional de Sobradinho (HRS).  De modo geral, a queda preocupa de modo relevante porque diariamente cerca de 250 bebês internados necessitam desse alimento precioso, aponta a coordenadora das Políticas de Aleitamento Materno e Banco de Leite Humano do DF, Miriam Santos.

“Por isso, solicitamos que a causa seja abraçada pelas mulheres que estejam amamentando e desejam ser doadoras. Isso fará a diferença na vida de muitas mulheres e crianças. Precisamos avançar nas doações”, enfatiza. Miriam faz um apelo para que as mães continuem doando leite materno. Ela explica que toda mulher que está amamentando pode ser voluntária para ajudar a salvar a vida de vários recém-nascidos.

Amamenta Brasília

Para se tornar doadora, basta ligar para o telefone 160, Opção 4, ou acessar o site Amamenta Brasília e se inscrever. Depois disso, as equipes do Banco de Leite Humano entrarão em contato para agendar a visita da equipe do Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF), responsável pela coleta.

Para dar um melhor suporte aos bancos de leite humano, em janeiro, a Secretaria de Saúde (SES) adquiriu 12,5 mil potes de vidro e 1 mil tampas, tudo para a coleta e processamento do leite humano doado.

Vitória solidária

Com resultado surpreendente na pandemia, o ano de 2020 registrou vitórias para o BLH do Distrito Federal, aponta a coordenadora Miriam Santos.

“Queremos agradecer às 6.575 mulheres que, apesar de todas angústias do ano 2020, foram solidárias e ajudaram, com suas doações, 12.811 bebês, alguns por uma vez e outros por meses”, destaca.

De acordo com a coordenadora, considerando a pandemia, ajudar todos esses bebês é uma vitória para todas as mulheres que doaram, apesar do medo inicial do contato social.

A coleta de leite humano sempre foi cercada de muitos cuidados. Com a Covid-19, houve uma nova dimensão e implantação de regras mais rígidas de higienização, que foram reforçadas pelas equipes dos bancos de leite humano e pelo Corpo de Bombeiros.

Continuar lendo
Publicidade
Publicidade

Copyright © 2015-2021 AVB - AO VIVO DE BRASÍLIA - Todos os Direitos Reservados. CNPJ 28.568.221/0001-80 - Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços de notícias de agências nacionais e internacionais, assessorias de imprensa e colaboradores independentes. #GenuinamenteBrasiliense