Curta nossa página

Domingos, às 13h

Terraço Shopping recebe Roda de Choro no “novo” Almoço Musical

Redação

Publicado

Foto/Imagem: Chorando Baixinho/Rayande Souza


O Choro é considerado o gênero musical que expressa de forma mais rica e autêntica a música instrumental brasileira. E a partir de janeiro de 2020, estará mais perto do público do Terraço Shopping, todos os domingos, às 13h, com apresentações realizados em parceria com a Escola Brasileira de Choro Raphael Rabello (Clube do Choro de Brasília) e produção da Tato Comunicação. A entrada é franca.

A instituição trabalha com professores especialistas no estilo formando músicos para manter vivo e divulgar o legado de mestres como Pixinguinha, Garoto, Jacob do Bandolim, Waldir Azevedo e Pernambuco do Pandeiro, entre outros. Na programação de janeiro, quatro grupos que representam toda a musicalidade desses talentos brasileiros.

Na abertura do projeto, no dia 5 de janeiro, o grupo Chorando Baixinho constituído por três representantes da nova geração da Escola de Choro. Os jovens Luís Fernando (bandolinista), Arthur Rodrigues (violonista) e Victor Cortez (cavaquinhista). Luís Fernando foi quem teve a ideia de formar o grupo, tendo sua história com a música iniciada aos 6 anos de idade, onde tocava violão, passando então pelo cavaquinho e hoje está no bandolim. Arthur Rodrigues tem 16 anos e é o mais novo do grupo. Começou a tocar cavaquinho com 9 anos em rodas de samba do Cruzeiro Novo e logo depois resolveu começar a aprender violão. Começou no violão de 6 e em seguida se apaixonou pelo de 7 cordas. Victor Cortez, com os seus 16 anos de idade, já toca diversos estilos no seu cavaquinho. Desde os 9 anos ele participa de vários grupos de samba em Brasília e seu atual professor de cavaquinho na escola de Choro é o virtuoso cavaquinhista Marcio Marinho.

No dia 12, Choro de Bamba, nascido nas democráticas rodas da Escola de Choro Raphael Rabello. Impulsionado pelo Choro e pelo Samba, gêneros que traduzem o nome do grupo, trazem em seu repertório bossa nova, forró, baião, xote e frevo, percorrendo um Brasil diverso e de sons plurais. O grupo realiza pesquisa pela obra de chorões como Pixinguinha, Jacob do Bandolim, Waldir Azevedo e também possui músicas autorais. O Choro de Bamba é formado por Astro Luiz (pandeiro), Gustavo Beier (cavaquinho), Léo Santos (percussão), Marcio França (violão 7 cordas) e Rodrigo Souto (flauta).

Domingo, 19 de janeiro, o Sem Chorumelas é a atração no Terraço Shopping. Grupo de chorinho surgido em 2019, nasceu da amizade e da sintonia musical entre Ana Bello (fl­auta transversal), Patrícia Barcellos (cavaquinho) e Carol Senna (pandeiro). Atualmente o grupo conta também com Caetano Vieira (violão 7 cordas). Em suas apresentações pela cidade, já recebeu participações especiais como a dos violonistas 7 cordas, Vitor Ceolin e Clemente Dutervil, e a do bandolinista, Pedro Ceolin. Em seu repertório principal, o grupo interpreta os clássicos de Alencar 7 Cordas, Waldir Azevedo, Jacob do Bandolim, Chiquinha Gonzaga, Altamiro Carrilho, dentre outros grandes compositores e instrumentistas brasileiros.

E no dia 26, quem garante o Choro é o Regional Segura Elas. Grupo brasiliense formado em 2017, o regional já participou de algumas das principais rodas de choro brasilienses, além de ter se apresentado em eventos significativos na Escola de Música de Brasília; atualmente, vem se apresentando pela cidade em eventos de pequeno a grande porte em diversos estabelecimentos. Característico por seus arranjos inovadores no repertório de Choro, o Segura Elas é um grupo de mulheres voltado a prática coletiva criativa e engajada, protagonizado inteiramente por musicistas brasilienses: Ana Flávia Rodrigues – Violão 6 cordas, Any Lopes – Flauta Transversal, Iza do Cavaco – Cavaco, Karol Cass – Violoncelo e Nathália Marques – Pandeiro e percussões.

Entrada gratuita

Final do Top Cufa será recheada de atrações locais e nacionais

Redação

Publicado

Por

Redação
Foto/Imagem: Realleza/Divulgação

Torcidas a postos, pois o glamour da periferia vai subir na passarela e roubar a cena! Após quase três meses de duração e duas seletivas acirradas que contaram com a participação de jovens entre 15 e 28 anos de idade, o Top Cufa-DF chega a sua terceira e última seletiva. Nos próximos 14 e 15 de março, duas mulheres e dois homens vencerão o concurso nas categorias Street e Fashion. A quarta edição do projeto foi idealizada pela Central Única das Favelas (Cufa DF), realizada pelo Instituto Rosa dos Ventos, com o fomento da Secretaria de Turismo do DF. A programação acontece durante todo o fim de semana, no Foyer do Teatro Nacional, das 12h às 22h, terá feira de empreendedorismo composta por expositores locais e grandes atrações musicais gratuitas.

“Estamos caminhando para mais uma final do Top Cufa, com muita alegria porque conseguimos alcançar, até agora, todos os nossos objetivos. Nessa quarta edição trouxemos o concurso masculino que teve uma aceitação muito grande e fizemos o lançamento do Cufa Empreenda, um antigo sonho de projeto. Agora o que a gente espera é que a final seja, assim como todo o concurso, um grande sucesso”, declara o presidente da Cufa DF, Bruno Kesseler.

Concurso além das passarelas

Durante o processo de seleção dos/das candidatos o Top Cufa-DF foi além da estética, promovendo aos/as aspirantes a modelo e as comunidades locais oficinas gratuitas de capacitação em diversas áreas. As aulas do Cufa Empreenda, projeto que ocorre entre 2 e 12 de março, no complexo Cultural de Samambaia, abrangem temas nas áreas de Produção Musical e de Eventos, Gestão de Projetos, Empreendedorismo, Moda, Comunicação e Roteiro Audiovisual.

“O Top Cufa se tornou muito maior que um concurso de beleza, além de inserir modelos da periferia no mercado de trabalho, temos ações gratuitas de capacitação voltadas para a periferia. A final do concurso traz uma feira para apresentar o empreendedorismo da quebrada e um evento cultural com o melhor que é produzido nas favelas de todo o Brasil”, ressalta Stéffanie Oliveira, presidente do Instituto Rosa dos Ventos.

Outro fato que merece destaque nesta edição do projeto é a incorporação de diversos pontos turísticos da periferia nas etapas do concurso. O objetivo é divulgar e enaltecer os pontos de encontro das quebradas e as possibilidades de lazer da periferia do DF. Entre os espaços ocupados pelo projeto estão a Praça dos Direitos, em Ceilândia, lugar onde ocorreu a primeira seletiva, além da Feira de Ceilândia, do Céu das Artes, do Centro de Tradições Populares e da Praça do Relógio, pontos usados como cenários para a sessão de fotos dos/das candidatos (as).

Feira de empreendedorismo

Com o objetivo de dar visibilidade aos produtos e expositores locais e das quebradas, a final do Top Cufa-DF traz uma feira de empreendedorismo que acontece um pouco antes dos desfiles: das 12h às 17h, nos mesmos dias e local do evento. A entrada é gratuita. Além da exposição de produtos, a feira terá uma programação musical animadíssima, com direito a apresentação de dança de rua comandada pela turma do Rua Crew, que se apresenta nos dois dias. No sábado, a música fica por conta do cantor Salomão Gomes e do DJ Palito e no domingo a cantora Larissa Vitorino e o Dj Moisés animam o público.

Atrações imperdíveis

A grande festa, ou melhor, a grande final será aberta ao público e também terá entrada gratuita. Com uma programação que vai agitar o fim de semana da capital, a última seletiva começa a partir das 17h e vai até às 22h, nos dois dias, sob o comando dos apresentadores Wizy Marques e Adriano Lugoli, dois modelos experientes!

O sábado (14) fica reservado para o desfile da categoria Street Style feminino e masculino. Em momentos diferentes da programação a cantora e multiartista brasiliense Letícia Fialho apresenta um pouco de suas canções à plateia. Às 20h40, uma pausa no nervosismo das/dos candidatos (as) para curtir o show da baiana, que além de cantora também é compositora e atriz, Larissa Luz. Vale lembrar que o talento da artista alcançou o prêmio Bibi Ferreira pela interpretação do papel de Elza Soares. E como não podia faltar, a batida eletrônica fica por conta do DJ Klap.

O domingo (15) também reserva surpresas imperdíveis para o público do DF, a data será destinada ao desfile da categoria Fashion feminino e masculino. Quem vai brilhar no palco do concurso é rapper brasiliense Realleza, que vai mostrar um pouco do trabalho autoral que já conquistou os quatro cantos do nosso quadradinho. Às 20h40 o ritmo das rimas e poesias continua com a apresentação do rapper paulista, compositor e perfomer, Rico Dalasam. No segundo dia da final a DJ Janna chega para comandar a batida eletrônica.

Programação completa

Feira de empreendedorismo

14 de março (sábado)

  • 12h – Abertura da Feira
  • 12h30 – Kawana
  • 14h – DJ Palito
  • 14h30 – Rua Crew
  • 14h45 – DJ Palito
  • 15h15 – Salomão
  • 16h45 – DJ Palito
  • 17h – Encerramento da feira

15 de março (domingo)

  • 12h00m – Abertura da Feira
  • 12h30m – Kawana
  • 14h00m – DJ Moisés
  • 14h30m – Rua Crew
  • 14h45m – DJ Moisés
  • 15h15m – Larissa Vitorino
  • 16h45m – DJ Moisés
  • 17h00m – Encerramento da feira

Desfile Final

14 de março (sábado) – Desfile Street

  • 17h – Vídeo de abertura
  • 17h10 – Apresentação de Letícia Fialho
  • 17h30 – início do desfile de masculino
  • 18h25 – Apresentação de Letícia Fialho
  • 18h35 – Encerramento do Bloco com DJ Klap
  • 18h45 – início do desfile feminino
  • 19h45 – Apresentação de Letícia Fialho
  • 19h55 – Encerramento do Bloco DJ – Klap
  • 20h10 – Início dos desfiles masculino e feminino juntos
  • 20h40 – Show de Larissa Luz
  • 21h05 – Encerramento do Bloco DJ – Klap
  • 21h15 – Desfile dos/das finalistas
  • 21h20 – Escolha campeão Masculino
  • 21h25 – Escolha campeão Feminino
  • 21h45 – Encerramento com DJ – Klap

15 de março (domingo) – Desfile Fashion

  • 17h – Vídeo de abertura
  • 17h10 – Apresentação de Realeza
  • 17h30 – início do desfile de masculino
  • 18h25 – Apresentação de Realeza
  • 18h35 – Encerramento do Bloco com DJ Janna
  • 18h45 – início do desfile feminino
  • 19h45 – Apresentação de Realeza
  • 19h55 – Encerramento do Bloco DJ Janna
  • 20h10 – Início dos desfiles masculino e feminino juntos
  • 20h40 – Show de Rico Dalassam
  • 21h05 – Encerramento do Bloco DJ Janna
  • 21h15 – Desfile dos/das finalistas
  • 21h20 – Escolha campeão Masculino
  • 21h25 – Escolha campeão Feminino
  • 21h45 – Encerramento com Janna
Continuar lendo

Centro de Convenções

Carlinhos Maia retorna a Brasília no espetáculo Acredita, Colega!

Redação

Publicado

Por

Redação
Foto/Imagem: Divulgação

Um dos principais influenciadores do país e considerado o Rei dos Stories, o humorista Carlinhos Maia traz seu novo espetáculo a Brasília, no dia 22 de março, às 19h, em única apresentação, no Auditório Master do Centro de Convenções Ulysses Guimarães.

No espetáculo Acredita, Colega!, Carlinhos apresenta ao público seus amigos e parceiros da famosa Vila, localizada em Penedo (AL). Além de casos bem humorados do seu dia a dia, o comediante revela os melhores e piores momentos da sua meteórica carreira.

O retorno do artista a Brasília também marca o início das produções teatrais da +Brasil eventos neste ano. “Teremos em 2020 uma agenda extensa de peças teatrais e grandes festivais. Fomos os primeiros a trazer a peça do Carlinhos para Brasília, em 2017. É uma grande satisfação participar desse momento de consolidação da carreira dele”, destaca Elisson Ferreira, diretor de eventos da +Brasil. O evento também conta com a produção das empresas Deu Certo Produtora e ChezVous Produções.

Instagram

No Instagram, o perfil de Carlinhos Maia conta com mais de 16 milhões de seguidores. Em 2019, o artista foi eleito o melhor influenciador do ano pela revista Contigo e também abocanhou o prêmio F5, da Folha de São Paulo, na mesma categoria. Com grande engajamento na ferramenta, Carlinhos já foi considerado o Rei dos Stories.

O Facebook também é um forte aliado com quase 6 milhões de seguidores. O canal no YouTube possui mais de 1,8 milhões de inscritos e um engajamento de mais de 40 milhões de visualizações.

Carlinhos Maia em Acredita, Colega!

  • Data: 22 de março de 2020
  • Local: Auditório Master do Centro de Convenções Ulysses Guimarães
  • Ingressos: a partir de R$ 30 (meia, superior)
  • Informações: (61) 9 9117-1078 (WhatsApp)
  • Não recomendado para menores de 12 anos

Pontos de venda

  • Guichê Web (clique para acessar)
  • Ótica Nana Verre (Taguatinga Shopping)
  • Intercell Eletrônicos (Feira dos Importados)
  • Potiguar (Águas Claras, Sudoeste, Lago Sul e Sobradinho)
Continuar lendo

Brazlândia

Em 2020, Festa da Goiaba será realizada em dois fins de semana

Redação

Publicado

Por

Redação
Foto/Imagem: Tony Winston/Agência Brasília

Começa neste sábado (7), em Brazlândia, a 5ª edição da Festa da Goiaba, evento que celebra o cultivo da fruta mais abundante nas lavouras do Distrito Federal. Pela primeira vez, o evento ocorrerá em dois fins de semana.

A Festa da Goiaba é realizada pela Associação Rural e Cultural de Alexandre de Gusmão (Arcag), em parceria com a Emater-DF, a Administração Regional de Brazlândia e a Secretaria de Agricultura. Na abertura do evento, será cortado um bolo de goiaba com 5 metros de comprimento em alusão à quinta edição do evento.

Lá, o visitante poderá comprar produtos derivados de goiaba, além da própria fruta. Doces, geleias, licores, bolos, tortas e outros alimentos preparados pelos produtores das áreas rurais de Brazlândia — onde está concentrada a maior parte do cultivo da fruta — estarão à venda nos estandes do evento.

A 5ª Festa da Goiaba terá ainda uma oficina de produtos derivados da fruta, realizada pelo Centro de Capacitação Tecnológica e Desenvolvimento Rural (Centrer) da Emater-DF, concurso de receitas e exposição e comercialização de flores e plantas ornamentais, na Florabraz. A feira terá 24 estandes de produtores de flores do Distrito Federal e acontecerá na quadra de esportes da Arcag.

De olho na qualificação dos agricultores atendidos pela Emater-DF, a empresa oferecerá oficinas técnicas — uma sobre controle de pragas e doenças no cultivo, nesta sexta-feira (6), e outra abordando novas cultivares da fruta, na próxima terça-feira (10).

A região de Brazlândia abriga 90 produtores de goiaba. A produção da fruta ocupa 300 hectares, com uma produtividade de 30 toneladas por hectare. A Emater-DF estima que a produção pode ultrapassar as 9 mil toneladas colhidas em 2019. Atualmente, as variedades mais comuns cultivadas no Distrito Federal são a Pedro Sato, Sassaoka e Paluma.

5ª Festa da Goiaba

  • Dias 7, 8, 13, 14 e 15 de março
  • Abertura oficial: dia 7 (sábado), às 10h
  • Local: Associação Rural e Cultural de Alexandre de Gusmão (Arcag)
    BR-080, km 13, Brazlândia-DF
  • Entrada franca
Continuar lendo
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas da Semana

Copyright © 2015-2020 AVB - AO VIVO DE BRASÍLIA - Todos os Direitos Reservados. CNPJ 28.568.221/0001-80 - Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agências Internacionais, assessorias de imprensa e colaboradores independentes. #FakeNewsNão