Curta nossa página

Servidores da CEB entram em greve por melhores salários, auxílios e indenização

Publicado

Foto/Imagem:


Servidores da Companhia Energética de Brasília (CEB) entraram em greve por tempo indeterminado nesta segunda-feira (9) para cobrar maior índice no reajuste salarial, aumento do piso da categoria, pagamento de auxílio transporte e auxílio creche e fornecimento de indenização no caso de morte ou invalidez permanente. De acordo com o sindicato, serão mantidos os serviços essenciais e um quadro mínimo para que a população não seja prejudicada.

A categoria alega que a empresa se negou a atender reivindicações e recusa dar o reajuste garantindo ganho real ou repondo a inflação. “Em toda a história da empresa nunca vimos uma proposta tão ruim. Sem dúvida é a pior de todas”, diz o sindicato em nota. “Isso é um retrocesso muito grande e essa contraproposta soa como uma afronta aos trabalhadores.”

Os trabalhadores dizem ainda que a CEB quer retirar o abono e o tíquete natalino, alterar as regras para o pagamento da Participação dos Lucros e Resultados (PLR) e acabar com a utilização dos cinco dias que eles têm por ano de ausências justificadas.

Atualizado em 09/11/2015 – 11:57.

Publicidade
Comentários
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas da Semana