Curta nossa página
Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Distrito Federal

Saúde orienta população a procurar UBS em casos de sintomas da Covid-19

Redação

Publicado

teste covid-19
Foto/Imagem: Getty Images


As Unidades Básicas de Saúde (UBSs) do Distrito Federal estão reabastecidas e prontas para realizar exames clínicos dos pacientes com sintomas da Covid-19. Todas as UBSs possuem teste do padrão RT-PCR, mais conhecido como swab nasal ou teste do cotonete, que tem um grau maior de precisão para detectar a presença do novo coronavírus. Além disso, todas as UBSs têm oxímetro para medir a oxigenação do sangue e determinar a necessidade ou não de exames complementares.

Recentemente, a Secretaria de Saúde também distribui 145.500 testes rápidos com micro leitores, que permitem um resultado mais preciso, evitando-se, assim, a ocorrência de falso positivo. Esses testes rápidos, fornecidos pelo Ministério da Saúde, atendem a todas as regiões de saúde do DF.

O coordenador da Atenção Primária à Saúde (Coaps), Fernando Erick Damasceno, lembra que os testes são aplicados em pessoas sintomáticas, que apresentam quadro respiratório agudo, caracterizado por pelo menos dois dos seguintes sinais e sintomas: febre, calafrios, dor de garganta, dor de cabeça, tosse, coriza, perda do olfato ou do paladar.

Damasceno orienta que “o teste de swab deve ser feito a partir do quarto dia de sintomas. Já o teste rápido, deve ser realizado após o oitavo dia de sintomas”. Ele reforça também a importância da avaliação clínica, que deve ser feita pela equipe de profissionais de saúde na UBS mais próxima a residência do cidadão. Ele salienta ainda a importância de todas as unidades estarem abastecidas de oxímetros que ajudam a avaliar se o paciente precisa, ou não, de exames complementares, como, por exemplo, tomografia computadorizada.

A Secretaria de Saúde esclarece que, em crianças, além dos sintomas citados, considera-se também obstrução nasal, na ausência de outro diagnóstico específico. Já nos idosos, consideram-se também critérios específicos de agravamento: desmaios, confusão mental, sonolência excessiva, irritabilidade e perda de apetite. Na suspeita de Covid-19, a febre pode estar ausente e sintomas gastrointestinais (diarreia), presentes.

“A importância do teste é no sentido de diferenciar as síndromes respiratórias. Diferenciar a Covid-19 de uma gripe, de um resfriado. O mais importante não é o teste, é saber como a pessoa está se sentindo, a intensidade dos sintomas durante a evolução”, salienta o coordenador.

Damasceno lembra que a avaliação do profissional de saúde é essencial e foca na intensidade dos sintomas e fatores de risco de cada paciente com suspeita de Covid-19. Em alguns casos, outros exames complementares são necessários e o segmento do cuidado acontece de acordo com a necessidade da terapia.

Publicidade
Comentários
Publicidade
Publicidade

Copyright © 2015-2021 AVB - AO VIVO DE BRASÍLIA - Todos os Direitos Reservados. CNPJ 28.568.221/0001-80 - Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços de notícias de agências nacionais e internacionais, assessorias de imprensa e colaboradores independentes. #GenuinamenteBrasiliense