Curta nossa página
Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Casirivimab e imdevimab

Roche pede à Anvisa uso emergencial de coquetel contra a Covid-19

Redação

Publicado

Foto/Imagem: Shutterstock


A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) recebeu pedido de uso emergencial de um medicamento contra a Covid-19 da farmacêutica Roche.

Trata-se de um “coquetel de anticorpos” de aplicação intravenosa contendo casirivimab e imdevimab, dois remédios experimentais desenvolvidos pela empresa de biotecnologia americana Regeneron Pharmaceuticals e produzidos em parceria com a gigante francesa.

O medicamento já recebeu a chancela emergencial da Food and Drug Administration (FDA), agência reguladora dos Estados Unidos, após apresentar bons resultados em pacientes com sintomas leves e moderados da Covid-19.

“Em um ensaio clínico de pacientes com Covid-19, casirivimab e imdevimab, administrados juntos, mostraram reduzir a hospitalização relacionada à Covid-19 ou as visitas de emergência em pacientes com alto risco de progressão da doença em 28 dias após o tratamento, quando comparados ao placebo. A segurança e eficácia desta terapia experimental para uso no tratamento de Covid-19 continuam a ser avaliadas”, diz o comunicado da FDA.

No Brasil, a Anvisa utilizará o relatório da FDA como referência, mas tem processo próprio para aprovação do medicamento. O processo pode levar até 30 dias após a Anvisa sanar todas as dúvidas técnicas com a Roche.

Publicidade
Comentários

Terça, 13 de abril

Brasil registra 3.808 novas mortes por Covid-19 e mais 82 mil casos em 24 horas

Redação

Publicado

Por

Redação
Foto/Imagem: Leo Correa/AP Photo

O Brasil registrou nas últimas 24 horas, mais 3.808 mortes por Covid-19. Com isso, o país acumula 358.425 vítimas fatais desde o início da pandemia.

Já o total de pessoas infectadas subiu para 13.599.994. Em 24 horas foram confirmados 82.186 novos casos da doença. Do total de infectados, 12.074.798 pessoas venceram a Covid-19.

Estados

ranking de estados com mais mortes pela Covid-19 é liderado por São Paulo (84.380), Rio de Janeiro (39.791), Minas Gerais (28.152), Rio Grande do Sul (22.388) e Paraná (19.531).

Já as Unidades da Federação com menos óbitos são Acre (1.367), Roraima (1.408), Amapá (1.419), Tocantins (2.289) e Sergipe (3.822).

Continuar lendo

Vacinômetro

Covid-19: 1,5 milhão de brasileiros não tomaram a segunda dose da vacina

Redação

Publicado

Por

Redação
Foto/Imagem: Dado Ruvic/Reuters

O Ministério da Saúde divulgou nesta terça-feira (13) a lista dos estados com pessoas que estão em atraso para tomar a segunda dose de vacinas contra a Covid-19. O titular da pasta, Marcelo Queiroga, disse que há 1,5 milhão de brasileiros nessa situação, e alertou que essas pessoas precisam buscar os postos de vacinação.

O estado com mais pessoas em atraso é São Paulo (343.925), seguido da Bahia (148.877), Rio de Janeiro (143.015), Rio Grande do Sul (123.514), Minas Gerais (89.122) e Paraná (71.857).

Os estados com menos doses em atraso são Amapá (5.741), Tocantins (6.033), Acre (6.191), Alagoas (7.625) e Roraima (8.555).

Segundo o ministro, mesmo quem perdeu o prazo previsto no cronograma de vacinação deve procurar uma unidade de saúde para regularizar a situação.

Continuar lendo
Publicidade
Publicidade

Copyright © 2015-2021 AVB - AO VIVO DE BRASÍLIA - Todos os Direitos Reservados. CNPJ 28.568.221/0001-80 - Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços de notícias de agências nacionais e internacionais, assessorias de imprensa e colaboradores independentes. #GenuinamenteBrasiliense