Curta nossa página

Cidades

Portal reúne acervo sobre o ensino público nos primeiros anos de Brasília

em

Larissa Sarmento

O Museu da Educação do Distrito Federal começa a sair do papel. Um site com informações e fotos sobre o tema foi lançado nesta quarta-feira (8) no Espaço Israel Pinheiro, que fica no Bosque dos Constituintes, perto da Praça dos Três Poderes.

A plataforma digital foi criada com financiamento da Fundação de Apoio à Pesquisa (FAP-DF), por meio de edital de 2016 voltado a pesquisas sobre memória, identidade cultural e patrimônio material e imaterial de Brasília.

O projeto é dirigido por pesquisadores e professores da Universidade de Brasília (UnB) e tem o objetivo de contribuir para a qualidade dos processos educativos da educação brasiliense.

Sede do Museu da Educação será no Parque Ecológico e Vivencial da Candangolândia

Além do site, um prédio será construído para abrigar o Museu da Educação do DF. A obra conta com apoio da Secretaria de Educação, que ajudou na elaboração do projeto arquitetônico.

O terreno de dois hectares em que será instalado o acervo fica no Parque Ecológico e Vivencial da Candangolândia e foi cedido pelo Instituto Brasília Ambiental (Ibram). A obra ficará a cargo da Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil (Novacap)

A edificação será uma réplica do primeiro colégio público de Brasília, a Escola Júlia Kubitschek, inaugurada em 15 de outubro de 1957. Construída em madeira, ela atendia os filhos dos operários e de servidores da Novacap.

Segundo o assessor especial da Secretaria de Educação, Fernando Ribeiro, a pasta ajudou a atualizar o projeto arquitetônico, prevendo questões de acessibilidade e fazendo adequações necessárias para o processo licitatório, ainda sem data definida.

“O principal objetivo do museu é trazer uma visão desconhecida para a maioria da população do que é a trajetória da educação no DF”, ressalta.

Acervo do Museu da Educação

O acervo disponível no site do Museu da Educação — e que será colocado na sede física — consiste em fotos, documentos, áudios e vídeos do período de 1956 a 1964.

Entre o material estão entrevistas com professores, gestores e estudantes dessa primeira fase da educação pública de Brasília.

“O portal é uma forma de já divulgar os documentos do acervo valioso do museu tanto para professores quanto para estudantes e comunidade em geral”, diz a professora Eva Waisros, coordenadora do projeto.

Eva enfatiza que o site propõe interatividade, porque qualquer professor pode, por meio de formulário, dar um depoimento sobre a época da pesquisa.

Continuar lendo
Publicidade
Comments

Cidades

Dia D da Vacinação Antirrábica acontece neste sábado (21)

em

Publicado por

Andre Borges/Agência Brasília

A Secretaria de Saúde realiza, neste sábado, 21 de julho, o Dia D da Vacinação Antirrábica na Candangolândia. A vacina será distribuída das 9h às 17h, na Administração Regional (Rua dos Transportes AE nº 01) e na Escola das Bandeiras (EQR 02/04, AE 07).

Continuar lendo

Cidades

Segunda cota do IPTU começa a vencer nesta segunda (16)

em

Publicado por

AVB

A partir desta segunda-feira (16), começa a vencer a segunda cota do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) e da Taxa de Limpeza Urbana (TLP) do exercício de 2018, a começar pelos imóveis com inscrições final 1 e 2 até 9, 0 e X a ser pagos em 20 de julho.

Os contribuintes que não receberam ou que perderam o boleto conseguem obter uma segunda via no portal da Secretaria de Fazenda. O documento também pode ser emitido em um dos postos do Na Hora, nas lojas do BRB Conveniência ou nas agências da Receita do DF.

Cálculo do IPTU/TLP

O IPTU é calculado multiplicando a respectiva alíquota sobre o valor venal da propriedade (estimativa de preço de mercado). São observadas as faixas percentuais praticadas no DF conforme o tipo de uso do imóvel:

  • De 0,3% para casas e apartamentos usados exclusivamente como moradia
  • De 1% para comércios ou terrenos com alvará de construção
  • De 3%, para terrenos (com áreas vazias) ou bens demolidos

Aplicação dos recursos

Os recursos arrecadados com o IPTU podem ser usados pelo Executivo para qualquer finalidade, como pagamento de salários de servidores, pavimentação de ruas e reformas de equipamentos públicos.

Já a TLP é uma verba vinculada e deve ser revertida exclusivamente para projetos que envolvam serviços de limpeza pública.

Quem não paga o imposto corre o risco de ter o imóvel penhorado (apreensão judicial) e de ter o nome inscrito em dívida ativa do DF.

Continuar lendo

Cidades

Aeroporto de Brasília faz ação promocional no estacionamento

em

Publicado por

Nathália Lauxen

Depois de passar por reforma no acesso e melhoria da sinalização, o estacionamento do Aeroporto de Brasília oferece promoção para os motoristas e os descontos podem passar de 50%. A redução nos preços beneficia os clientes que utilizam o estacionamento por hora, dia ou mês.

A promoção tem validade até 31 de agosto de 2018, e é exclusiva para quem comprar o bilhete pelo site do Aeroporto. Os preços são variados e as maiores reduções são para o estacionamento B, localizado no bolsão externo do Terminal.

Com os descontos, o passageiro paga R$ 9,90 por 1h de permanência e R$ 29,90 pela primeira diária, valores 30% inferiores ao pago presencialmente nos quiosques. A maior diminuição vale para o passageiro que deixar o carro de 4 dias a um mês, com preço único de R$ 139,90, desconto que chega a 58% do valor regular.

A promoção, a melhoria da sinalização e do acesso do usuário até o terminal fazem parte do trabalho do Aeroporto para melhorar o conforto dos passageiros. “Nas pesquisas realizadas com usuários, as maiores queixas são relacionadas a localização das estações de pagamento, sinalização, o acesso ao terminal e o preço. Escutamos nossos passageiros e estamos nos esforçando para aperfeiçoar o espaço. Já melhoramos a sinalização e a circulação, instalamos quiosques de autoatendimento em locais mais cômodos, e estamos dando a opção para o passageiro pagar um valor mais baixo”, comenta Ian Joels, head of real estate da Inframerica. “A promoção é pontual, mas estudamos maneiras para permanecer de forma mais duradoura com os preços reduzidos, especialmente para o estacionamento B”, acrescenta Joels.

O executivo lembra que a compra online deve ser feita antecipadamente, antes do passageiro chegar ao Terminal aéreo. “Todos que vão ao aeroporto têm um horário, seja para buscar alguém ou pegar um voo. Assim como o passageiro compra sua passagem aérea previamente ele pode adquirir também o estacionamento com esta antecedência e ganhar o desconto”, informa.

Para a Estapar, empresa que administra o estacionamento do Aeroporto de Brasília, este é um modelo praticado em outros terminais aéreos do país e que oferece maior praticidade e conveniência ao cliente, além do benefício dos descontos. “A compra online é segura, rápida, fácil e mais barata. Acreditamos que futuramente esse será o modelo de compra de todo passageiro”, afirma André Iasi, CEO da Estapar.

Continuar lendo
Brasília, 22 de julho de 2018

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas da Semana