Curta nossa página

Chuva

Por acúmulo de água, CEB abre as 3 comportas da Barragem do Paranoá

Publicado

Foto/Imagem:


A CEB abriu as três comportas da barragem do Lago Paranoá em 15 centímetros nesta quinta-feira (21) após a água chegar próxima ao limite considerado seguro. O reservatório chegou a 1.064 metros acima do níve do mar – o máximo estabelecido é de 1.065 metros.

O limite estabelecido pela Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento Básico do DF (Adasa) é de 1.080 metros.

A CEB, concessionária que administra a barragem, informou que acionou a Defesa Civil para que alertasse as comunidades que vivem nas proximidades da barragem. O Corpo de Bombeiros visitou as casas e avisou da necessidade da abertura das comportas.

A barragem do Lago Paranoá é responsável pelo abastecimento da subestação Brasília Norte, que fornece energia para a área central da cidade. Segundo a CEB, a abertura evita o transbordamento do lago, o que poderia causar alagamentos e prejuízos.

O subsecretário de Proteção e Defesa Civil do DF, coronel Sérgio Bezerra, afirmou que o procedimento de abertura das comportas é padrão em situações de grande acúmulo de água em períodos de chuva. “Depois que os militares avisam todos os moradores, eles voltam às comportas para que uma sirene toque e avise o momento em que a água é liberada.”

Segundo Bezerra, oo alerta também foi passado aos estados de Minas Gerais e Goiás. “É somente um protocolo para quem está rio abaixo. Não há mudança significativa no volume do rio Descoberto nesses estados.”

Segundo a CEB, em 2015 as comportas não foram abertas nenhuma vez. “No ano passado choveu bem menos que em anos anteriores. Este ano as chuvas estão excepcionais”, afirmou o diretor da CEB Geração, José Henrique Vilela.

Atualizado em 22/01/2016 – 09:09.

Publicidade
Comentários
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas da Semana