Curta nossa página

Estrada Parque Taguatinga

População aprova primeiro dia de ônibus com portas dos dois lados

Redação

Publicado

Foto/Imagem: Paulo H. Carvalho/Agência Brasília


Segue a gente no
Google News

O Governo do Distrito Federal inaugurou uma nova etapa do transporte público coletivo nesta segunda-feira (13), com a utilização de 160 ônibus com portas dos dois lados e o uso definitivo do corredor exclusivo da EPTG.

Construído há quase uma década com os pontos de ônibus nos canteiros centrais da via, o corredor não era utilizado por falta de veículos adequados. Em março de 2018, a Secretaria de Transporte e Mobilidade autorizou o uso provisório de uma faixa reversa em horários de pico e determinou a aquisição dos referidos ônibus no prazo de um ano.

“Eu acho que essa via tinha mesmo de ser utilizada, já que foi feita para isso”, comentou César Roberto, que trabalha com lavajato. “Eu vim de Ceilândia e achei a viagem bem mais rápida com a facilidade para as pessoas embarcarem do lado esquerdo”, acrescentou.

“Pelo menos agora estão utilizando essas paradas, que estão aqui há muito tempo e não eram úteis”, afirmou Maicon Douglas, que trabalha no Plano Piloto e mora próximo de Águas Claras. Para ele, que utiliza ônibus na EPTG todos os dias, “a viagem hoje foi bem mais rápida do que antes”.

Os novos ônibus atendem a 42 linhas que passam pela EPTG, sendo 21 com destino à Rodoviária do Plano Piloto, 15 para a W3 Sul e 6 até a W3 Norte. Com duas portas do lado esquerdo e três do lado direito, os veículos facilitam para o passageiro embarcar ou desembarcar em qualquer ponto do percurso.

“Foi a primeira vez que andei num ônibus com portas dos dois lados e deu para ver que agiliza a viagem, porque facilita para o passageiro”, observou Adriana Lúcia Rodrigues. Ela trabalha no Noroeste, mas hoje teve de ir até as proximidades da Unieuro, em Águas Claras. “Achei a viagem tranquila e rápida”, afirmou.

Vanessa Adriele Campos mora em Vicente Pires e trabalha no Sudoeste. Para ela, a mudança foi importante pois no corredor exclusivo os ônibus são mais rápidos. “Eu estava viajando e não sabia da mudança, mas sei que agora vou até chegar mais cedo no trabalho, porque na faixa exclusiva o ônibus não pega trânsito. A única coisa que senti falta foi de sinalização, pra gente ter certeza de que a linha vai passar por aqui”, acrescentou.

Veículos particulares

Com a nova operação na EPTG, os ônibus não utilizam mais a faixa reversa nos horários de pico. Assim, o trânsito de veículos particulares está proibido no corredor exclusivo, que é utilizado também por 11 linhas semiexpressas. Além disso, estão autorizados os veículos de emergência médica, emergência policial, táxi e transporte escolar.

Atualmente, cerca de 65 mil passageiros circulam pela EPTG em linhas com destino à Rodoviária do Plano Piloto e W3 Sul e Norte. Desse montante, aproximadamente 56 mil usuários, o equivalente a 86,4% da demanda, serão beneficiados com as linhas que vão operar com portas dos dois lados. Já as linhas semiexpressas transportam cerca de 9 mil passageiros, o equivalente a 13,6%.

Publicidade

Lances via internet

Terracap coloca mais 15 imóveis à venda por meio de leilão público

Redação

Publicado

Por

Redação
terracap
Foto/Imagem: Andre Borges/Agência Brasília

Já estão abertos os lances para a compra dos imóveis disponibilizados pela Agência de Desenvolvimento do Distrito Federal (Terracap) em leilão público. São 15 ofertas, ao todo.

A oportunidade mais em conta fica em Santa Maria, com preço mínimo de R$ 126,8 mil e metragem de 75m². Já o imóvel com maior valor agregado está localizado no Paranoá, cujo lance inicial é de R$ 5,1 milhões. O terreno possui 3,3 mil m².

O leilão é realizado em sessão pública com lances via internet. O edital com a descrição dos imóveis leiloados está disponível no site da Terracap.

Há terrenos em outras regiões administrativas como Guará, Núcleo Bandeirante, Riacho Fundo II e Ceilândia. No setor industrial de Ceilândia, por exemplo, são 10 lotes dispostos em leilão, todos com 700m² cada, e com R$ 412,8 mil de lance mínimo.

A grande novidade dos leilões ocorridos em 2020 está na possibilidade de financiar o terreno arrematado junto à Terracap. “Agora, o arrematante poderá optar por pelo crédito imobiliário, em até 180 meses. Isso facilita o acesso da população aos terrenos da empresa”, explica do gerente de Administração de Recebíveis Imobiliários da Terracap, Erasmo Cirqueira Lino. Também serão aceitos financiamentos oriundos de outras instituições financeiras.

Quaisquer pessoas física ou jurídica podem participar do processo. A sessão pública para a disputa dos lances é dirigida por leiloeira oficial credenciada.

A recepção dos lances do 1º leilão encerra dia 25 de agosto, às 15h. Não havendo lance superior ou igual ao da avaliação do imóvel, é dada sequência ao 2º leilão, que será encerrado, por sua vez, no dia 27 de agosto, também às 15h.

Para participar, os interessados precisam se cadastrar no site do leiloeiro e inserir digitalizados os documentos previstos no edital. O credenciamento deverá ser efetuado até dois dias úteis antes da realização dos lances.

Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (61) 3350-2222.

Continuar lendo

CLDF aprovou

Validade de concursos públicos homologados é suspensa no DF

Redação

Publicado

Por

Redação
CLDF - Câmara Legislativa do DF
Foto/Imagem: Silvio Abdon/CLDF

A validade dos concursos públicos homologados e vigentes será suspensa no Distrito Federal até o fim do estado de calamidade pública. Nesta terça-feira (11), em sessão extraordinária remota da Câmara Legislativa do Distrito Federal, os deputados distritais aprovaram o Projeto de Lei nº 1346/2020, do Executivo, que suspende os prazos de validade dos concursos públicos homologados e vigentes na administração pública direta e indireta do DF. O projeto chegou ao Legislativo nesta terça (11) e um acordo entre as lideranças políticas da Casa permitiu a rápida votação da proposta, que beneficia milhares de aprovados em concursos públicos.

O projeto foi aprovado por unanimidade, com 17 votos favoráveis, e segue agora à sanção do governador Ibaneis Rocha. O texto original recebeu cinco emendas de plenário visando o aperfeiçoamento da proposta. Todas as modificações também foram aprovadas por unanimidade pelos distritais. Uma das emendas suprimiu o artigo 3º do projeto, permitindo assim que a suspensão também possa ser adotada nos certames promovidos pelas estatais locais.

Outra modificação estabelece que a decretação do estado de calamidade pública não pode ser usada para provimento temporário de cargos em detrimento dos aprovados em concurso público em vigor para cargos com atribuições equivalentes. O texto aprovado indica ainda que as nomeações que ocorrerem durante o período de suspensão não impedem a prorrogação da validade do concurso.

Também foi aprovada uma emenda definindo que a suspensão dos concursos passa a valer a partir da edição do Decreto nº 40.475, de 28 de fevereiro de 2020, até o término de vigência do estado de calamidade pública no DF.

Continuar lendo

Evitando a Covid-19

Atendimento da CEB no Na Hora só será feito com agendamento

Redação

Publicado

Por

Redação
ceb
Foto/Imagem: Arquivo/AVB

O atendimento da CEB nas unidades de atendimento do Na Hora está sendo realizado mediante agendamento prévio pelo site do próprio Na Hora. A decisão segue orientação da Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejus), órgão responsável pela gestão do local.

A medida adotada visa evitar a aglomeração de pessoas que buscam o atendimento presencial, reduzindo, assim, os riscos de disseminação do novo coronavírus entre servidores e público. Por isso, estarão disponíveis apenas os serviços que a Companhia não oferece nos seus canais digitais. Confira no site do Na Hora os serviços presenciais disponíveis.

De acordo com a gestão do Na Hora, até quinta-feira (13) aqueles que buscarem o atendimento sem agendamento prévio serão atendidos por meio de encaixe e, a partir da sexta-feira (14), o atendimento será exclusivo para os usuários com hora marcada.

O diretor de Atendimento ao Cliente e Tecnologia da Informação da CEB, Gustavo Álvares, lembra que, com a pandemia, os serviços da companhia foram migrados para os canais digitais e que a população deve, sempre que possível, evitar o atendimento presencial e buscar o atendimento online para solicitar os serviços.

“É que 80% dos serviços da CEB já estão em canais digitais e, nos últimos 135 dias, durante a pandemia, foram realizados mais de 1,6 milhão de atendimentos pela nova plataforma digital”, declarou Gustavo. “Nesse modelo, nosso atendimento fica disponível aos consumidores 24 horas por dia, e ele tem toda a segurança de solicitar no conforto de sua casa”, completou.

Canais digitais

Nos canais digitais, o cliente tem acesso aos seguintes serviços expressos (sem necessidade de login):

  • solicitação de ligação nova;
  • solicitação de alteração de titularidade;
  • credenciamento de cliente sobrevida;
  • credenciamento de Tarifa Social de Energia Elétrica – TSEE;
  • autoleitura;
  • solicitação de consumo final/desligamento;
  • verificação de leitura do medidor;
  • parcelamento de débitos;
  • documento simplificado para pagamento.

Além dos serviços expressos, também estão disponíveis os seguintes serviços comerciais (com necessidade de login para solicitação):

  • segunda via de conta;
  • solicitação de religação (para clientes com fornecimento suspenso por inadimplência)
  • solicitação de nada consta;
  • alteração da data de vencimento;
  • atualização cadastral;
  • consulta do histórico de consumo, da data da próxima leitura, do andamento de solicitações e dos indicadores de continuidade.
Continuar lendo
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas da Semana

Copyright © 2015-2020 AVB - AO VIVO DE BRASÍLIA - Todos os Direitos Reservados. CNPJ 28.568.221/0001-80 - Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agências Internacionais, assessorias de imprensa e colaboradores independentes. #FakeNewsNão