Curta nossa página

Após assassinato no Recanto

Polícia Militar do Distrito Federal atuará de forma mais integrada com ciclistas

Publicado

Foto/Imagem:


Todos os batalhões de Polícia Militar do Distrito Federal receberão ordem para atuar de maneira ainda mais integrada com os ciclistas de cada região. A decisão saiu de encontro entre o governador Rodrigo Rollemberg, representantes de grupos ciclísticos de Brasília e servidores de secretarias envolvidas com o tema e das forças locais de segurança. A reunião ocorreu no Palácio do Buriti, na manhã desta terça-feira (29), dois dias após o assassinato do atleta José Leonardo Santos Abreu, de 40 anos, no Recanto das Emas.

Rollemberg pediu diretamente ao comandante-geral da PM, coronel Florisvaldo Ferreira Cesar, que repasse a ordem a cada comandante regional. “A comunidade e a polícia devem manter uma agenda conjunta de atividades e um canal de troca de informações”, ressaltou o governador. O coronel lembrou que em regiões como Ceilândia, Guará e Samambaia essa integração já existe. “A ideia agora é reforçar essa ordem e orientar os usuários de bike a procurar os batalhões e estreitar os laços”, destacou Cesar.

De acordo com o comandante-geral, os batalhões oferecem canais de comunicação com a comunidade local. O principal deles é o aplicativo para celular WhatsApp.

Os grupos apresentaram cinco propostas ao Executivo local. Eles querem a criação de um batalhão cicloviário da PM, a intensificação do policiamento em áreas de risco, o estabelecimento de política distrital para conscientização de motoristas, a elaboração de lei específica para tipificar roubo de bicicletas e crimes contra ciclistas e a destinação de recursos orçamentários para obras de infraestrutura cicloviária. Uma ideia extra foi a criação de um canal telefônico direto sobre roubos e furtos a ciclistas, o disk-bike.

Com impedimento legal para acolher o que se refere a elaboração de leis (Poder Legislativo) e a aplicações jurídicas (Poder Judiciário), Rodrigo Rollemberg pediu para que os secretários e representantes das forças de segurança analisem as propostas e informem se elas são viáveis.

O governador reforçou medidas que precisam ser tomadas pelos ciclistas. “A colocação de chips nas bicicletas e o registro de ocorrências são fundamentais para identificarmos onde os crimes ocorrem com mais frequência e intensificarmos o policiamento.”

Quanto à destinação de recursos para melhorar os espaços de quem pedala, o diretor-geral do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), Henrique Luduvice, falou sobre o investimento de R$ 23 milhões em mobilidade urbana para ciclistas. De acordo com ele, o recurso proveniente do Banco do Brasil e da taxação das Contribuições de Intervenção no Domínio Econômico (Cide) tem permitido a construção de ciclovias e ciclofaixas.

Nos primeiros meses de 2016, Luduvice espera entregar a ciclovia da DF-035, que liga ao Lago Sul as regiões do Jardim Botânico, de São Sebastião e do Jardins Mangueiral. Durante o restante do ano, estão previstas ciclofaixas na Estrada Parque Taguatinga (EPTG), na Estrada Parque Indústria e Abastecimento (Epia), no Lago Oeste e na DF-087 (Estrada Parque Vale), entre a EPTG e a Estrutural.

Também participaram da reunião a titular interina da Segurança Pública e da Paz Social, Isabel Seixas, e o diretor-geral do Departamento de Trânsito, Jayme Amorim de Sousa, além de subsecretários e secretários adjuntos.

Foi marcada para quarta-feira (6) uma reunião entre representantes de grupos de ciclistas e da Secretaria da Segurança Pública e da Paz Social. O objetivo é elaborar ações que garantam mais segurança para quem usa a bicicleta como transporte alternativo, lazer ou treinamento esportivo. Além disso, ficou pré-agendado mais um encontro com o Executivo daqui três meses, para avaliação das ações.

Crime
Na manhã de domingo (27), o ciclista José Leonardo Santos Abreu foi assassinado com um tiro na cabeça após, de acordo com informações da Polícia Civil, ter reagido ao roubo de sua bicicleta. O homem de 40 anos pedalava no Recanto das Emas, quando foi abordado por Ademir Mendes Rodrigues, de 18 anos, que foi preso no mesmo dia. Em protesto contra a violência, um grupo de ciclistas pedalou no começo da noite de ontem de Taguatinga até a Esplanada dos Ministérios.

Atualizado em 29/12/2015 – 13:56.

Publicidade
Comentários
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas da Semana