Curta nossa página

Sérgio Vidal da Rocha e Maria Cecília Rey expõem no Memorial do TJDFT a partir desta segunda

Publicado

Foto/Imagem:


Nesta segunda-feira, 9/11, às 16h, o Memorial TJDFT – Espaço Desembargadora Lila Pimenta Duarte abre a exposição de pintura a óleo sobre tela “Crônicas do Cotidiano”, de Sérgio Vidal, e a exposição de tela em acrílico  “Expo Diversidades”, de Maria Cecília Rey. Ambos os artistas vêm do Rio de Janeiro exclusivamente para o evento. O espaço funciona de segunda a sexta-feira, das 12h às 19h, no no 10º andar do bloco A, ala A, do Fórum de Brasília.

O pintor Sérgio Vidal da Rocha nasceu no bairro da Gamboa, no Rio de Janeiro, em 1945. Seu primeiro contato com a pintura foi no atelier de Heitor dos Prazeres, que o inspirou carreira adiante. A primeira exposição de que participou foi em 1972. Sua pintura é um comentário do cotidiano, uma crônica de costumes, um grito de protesto contra a violência e a injustiça social. As pinturas de Sergio Vidal já foram expostas em diversas galerias do Brasil, Estados Unidos, Bélgica, França e México.

A pintora Maria Cecília Rey também nasceu no Rio de Janeiro. Foi lá que ela se formou professora, pelo Instituto de Educação, em 1959. Em 1978 veio morar em Brasília e fez curso de gravura com Leda Watson, assim como se formou em Teologia pela Universidade Católica de Brasília, já em 1981.

Em 1983, interrompeu seus estudos de gravura para ir morar em Londres. Na Europa, desenvolveu seu gosto pela arte, visitando e conhecendo museus e galerias, onde aprimorou seu entendimento sobre a pintura. Nos últimos anos, passou a desenvolver trabalhos com a artista Eli Freire, tendo se especializado em quadros abstratos, desenvolvendo, assim, a arte contemporânea.

Atualizado em 09/11/2015 – 09:40.

Publicidade
Comentários
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas da Semana