Curta nossa página

Novacap faz reparos em vias de Vicente Pires depois da chuva do último sábado

Publicado

Foto/Imagem:


A Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil (Novacap) manterá, durante a tarde desta segunda-feira (30), uma equipe em Vicente Pires, local com área pública mais afetada pelas fortes chuvas de sábado (28). Três vias passam por reparos emergenciais.

Na Rua 3, os funcionários retiram o material que desprendeu do asfalto e o levam para fechar crateras em outras duas vias — a 8 e a 10. Segundo o engenheiro civil da Novacap responsável pelo trabalhoas no local, Marcus Pires, as intervenções são paliativas, já que obras de drenagem estão em andamento na região administrativa devido à regularização da área. A Novacap separou para o trabalho de terraplanagem uma niveladora, uma pá mecânica e quatro caminhões.

Vistoria
Equipes da Subsecretaria de Proteção e Defesa Civil, da Secretaria da Segurança Pública e da Paz Social, estiveram hoje de manhã nas três regiões mais prejudicadas pela chuva: Estrutural (na chácara Santa Luzia), Riacho Fundo I e Vicente Pires.

O objetivo da vistoria foi acompanhar a evolução dos casos registrados no sábado e checar o que ainda poderia ser resolvido pelo governo, a exemplo da atuação da Novacap em Vicente Pires. De acordo com o subsecretário de Proteção e Defesa Civil, coronel do Corpo de Bombeiros Sérgio José Bezerra, nas outras regiões os prejuízos ocorreram em edificações particulares.

Em relação a possíveis temporais nos próximos dias, a Defesa Civil, que fará monitoramento das áreas mais críticas, pede que os moradores prestem atenção à estrutura da casa. São necessários cuidados com raios, alagamentos e sinais que indiquem que a residência está perdendo a sustentação.

Outras áreas
Também foram identificados problemas em Sobradinho e no Recanto das Emas. Nesse domingo (29), a Defesa Civil interditou seis residências, e proprietários de outras 12 foram notificados. Tais locais agora serão acompanhados pela subsecretaria para garantir que as correções necessárias, apontadas pela equipe, sejam cumpridas. “A gente alerta o morador e, se houver risco iminente, desloca a família”, explica o coronel Bezerra.

O morador que perceber qualquer sinal preocupante na estrutura do imóvel pode procurar a Defesa Civil pelo telefone 3362-1934, de segunda a sexta-feira, das 8 às 18 horas. O atendimento também é feito pelo celular 9427-5076, em regime de plantão. Em casos de emergência, como alagamentos, o Corpo de Bombeiros deve ser contatado pelo 193.

Ações preventivas
Desde agosto, representantes de grande parte dos órgãos do governo reúnem-se para discutir medidas para a época de chuvas. De prevenção, foram desenvolvidas ações de limpeza e desentupimento de bocas de lobo, por exemplo. Já quanto à atuação, os integrantes do grupo informaram-se sobre as áreas de risco e discutiram ações possíveis. A ideia é diminuir ao máximo o tempo de resposta às ocorrências.

Em casos como o de sábado, a prevenção não é possível devido, principalmente, à falta de rede de drenagem. Em Vicente Pires, as obras estão em andamento no Trecho 1 (antiga Gleba 3), que compreende a área do Jóquei. As melhorias visam diminuir o impacto das chuvas e resolver o problema dos alagamentos no viaduto Israel Pinheiro, prejudicado durante o temporal de sábado.

Mariana Damaceno, da Agência Brasília

Atualizado em 30/11/2015 – 17:43.

Publicidade
Comentários
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas da Semana