Curta nossa página

Cidades

Museu Nacional recebe exposição Contraponto com acervo de Sérgio Carvalho

Redação


O Museu Nacional da República recebe a exposição Contraponto com acervo de Sérgio Carvalho de 17 de novembro a 25 de fevereiro de 2018, na Galeria 2. Composta por obras dos artistas Antônio Obá, Berna Reale, Bruno Vilela, Camila Soato, César Meneghetti, Daniel Murgel, Delson Uchôa, Elder Rocha, Emmanuel Nassar, Fábio Baroli, Fábio Magalhães, Flávia Junqueira, Flávio Cerqueira, Floriano Romano, Gil Vicente, Gisele Camargo, Grupo EmpreZa, Hildebrando de Castro, James Kudo, João Angelini, José rufino, Laura Gorski, Lucia Koch, Manoel Veiga, Marcelo Silveira, Milton Marques, Nelson Leirner, Renato Valle, Rochelle Costi, Rodrigo Braga, Sofia Borges, Thais Helt e Tony Camargo.

Com curadoria da historiadora Tereza de Arruda, a mostra Contraponto foi concebida para o Museu Nacional da República, com obras da Coleção Sérgio Carvalho. Este acervo é composto por mais de mais de 1.900 obras de 164 artistas brasileiros, tendo como ponto de partida não somente a obra de arte em si, mas, sobretudo, seus autores.

Este processo se iniciou no final da década de 90 em Brasília. A partir daí, a atuação e a pesquisa de Sérgio se expandiram pelo território nacional, dando origem a um dos acervos mais significativos de artes plásticas no País. O acervo é configurado a partir de um processo introspectivo desenvolvido com cada um dos artistas. As visitas aos ateliers e exposições, reforçadas por conversas intensas e informais, desencadeiam uma relação única formada por respeito, compreensão, engajamento e cumplicidade.

A aquisição da obra de arte não é o final de um processo, porém o início de um intenso diálogo, em ordem progressiva, de Sérgio com os artistas, suas obras entre si e, por fim, dos artistas entre si. Aliás, o seu aprofundamento no universo artístico ocorre por conexões desencadeadas pelos próprios artistas.

O colecionismo em âmbito privado não basta para Sérgio. Seu desejo é dar visibilidade aos artistas e tornar público, de modo definitivo, o seu acervo.

Neste contexto, a partir de 2014, foram realizadas cinco exposições em instituições públicas: Duplo Olhar, com curadoria de Denise Mattar, no Paço das Artes – USP, em São Paulo (2014); Vértice, mostra itinerante com curadoria de Marília Panitz, Marisa Mokarzel e Polyanna Morgana, realizada no Museu Nacional dos Correios, em Brasília, e nos Centros Culturais dos Correios do Rio de Janeiro e de São Paulo (2015/2016); e Cantata, com curadoria de Denise Mattar, no Centro Cultural Minas Tênis Clube, em Belo Horizonte (2016).

A mostra Contraponto apresenta um recorte da Coleção Sérgio Carvalho priorizando seus contrapontos, diante de sua diversidade e subjetividade.

Desde o início da coleção, houve a preocupação na aquisição de um conjunto significativo de obras de um mesmo artista, a conduzir o expectador à transformação na produção de cada artífice. Isto é uma prova do diálogo, cumplicidade e relacionamento progressivo e consequente com os criadores em seu percurso. Em face dessa particularidade e à necessidade em atender à demanda da produção das artes plásticas — certo que raramente um artista, de carreira consolidada ou em consolidação, tem a oportunidade de apresentar uma mostra individual em um museu, a curadoria optou por trazer ao público uma coletiva de individuais.

O resultado evidenciará diversos contrapontos que se complementam, enfatizando a pluralidade de técnicas e de linguagens, além da democracia estética: na história da arte contemporânea, nunca houve barreiras tão flexíveis, como na atualidade, propiciando atuações interdisciplinares, compondo-se, a mostra, de pinturas, fotografias, esculturas, vídeos, instalações, desenhos e performances. Em suas obras, os artistas relatam ora questões pessoais de seu microcosmo, temáticas que os norteiam em seu cotidiano, ora questões globais. O censo crítico e irônico se faz presente com muita sutileza nas obras dos artistas participantes – Antônio Obá, Berna Reale, Bruno Vilela, Camila Soato, César Meneghetti, Daniel Murgel, Delson Uchôa, Elder Rocha, Emmanuel Nassar, Fábio Baroli, Fábio Magalhães, Flávia Junqueira, Flávio Cerqueira, Floriano Romano, Gil Vicente, Gisele Camargo, Grupo EmpreZa, Hildebrando de Castro, James Kudo, João Angelini, José rufino, Laura Gorski, Lucia Koch, Manoel Veiga, Marcelo Silveira, Milton Marques, Nelson Leirner, Renato Valle, Rochelle Costi, Rodrigo Braga, Sofia Borges, Thais Helt e Tony Camargo.

Sobre a curadora

Tereza de Arruda é historiadora de arte e curadora independente. Vive e trabalha entre São Paulo e Berlim desde 1989 onde se formou em História da Arte pela Universidade Livre de Berlim. Nascida em São Paulo.

Colabora com instituições e museus internacionais e realizou as seguintes curadorias nos últimos dois anos:

2017: Contraponto – Acervo Sérgio Carvalho, Museu Nacional da República Brasília; Katharina Sieverding na Fototeca de Cuba e Klaus Mettig na Casa Guayasamin no Mês da Fotografia Havana/Cuba; Fan Bo Emerging from Shadow, eMOCA Shenzhen/ China; China como Pais Homenageado, Bienal Internacional de Curitiba; Chiharu Shiota Unter der Haut/Under the Skin, Kunsthalle Rostock; Sigmar Polke die Editionen, me Collectors Room Berlin; Arnaldo de Mello West-Berlin 1987-90, Sé São Paulo; Cesar Meneghetti O Percurso Ausente, MUBA São Paulo; Jin Lie What is Past is still Present, MOCA – Museum of Contemporary Art Chengdu.

Sobre o colecionador

Um dos maiores colecionadores de arte contemporânea de Brasília, o advogado Sérgio Carvalho, começou sua coleção de arte contemporânea em 2003, quando conheceu Nazareno, José Rufino, Eduardo Frota e Valéria Pena-Costa, que o apresentaram a outros artistas. Encantado com o universo poético de cada um deles, Carvalho resolveu vender as gravuras de Oswaldo Goeldi que possuía para comprar fotografias de Lucia Koch.

Hoje – 14 anos após iniciar sua coleção – Sérgio Carvalho reúne obras de alguns dos mais importantes artistas contemporâneos brasileiros, entre os quais Regina Silveira, Nelson Leirner, Iran do Espírito Santo, Efrain Almeida, Emmanuel Nassar, Hildebrando de Castro, Rubens Mano, Berna Reale, Jonathas de Andrade, Sofia Borges e Rodrigo Braga entre outros. Sua coleção demonstra que o colecionismo pode ser instigado pelo amor à arte e pela possibilidade do registro de um período das artes visuais de determinado tempo, não pela equivocada ideia de aquisição de commodities.

“Depois que me interesso por uma obra, procuro conhecer quem a fez. Raras as obras que eu não conheço, pessoalmente, o autor. Interessa o contato com o artista e o seu particular universo – real e poético. Esse modo de agir me fez, em verdade, colecionar amigos” – diz Sérgio. “Procuro adquirir um acervo significativo de cada um dos artistas que integram a coleção, algo entre dez e vinte obras. Gostaria de ter uma exposição individual de cada um” – resume.

Exposição Contraponto do acervo de Sérgio Carvalho

Local: Galeria 2 do Museu Nacional da República
Abertura: 16 de novembro de 2017, às 19h
Visitação de 17 de novembro a 25 de fevereiro de 2018
(terça-feira a domingo, das 9h às 18h)
Entrada franca

Continuar lendo
Publicidade
Comments

Cidades

Oktober Extra: mais de 80 rótulos de cervejas até 30% OFF

Redação

em

Publicado por

Pixabay

Com inspiração na festa alemã, Oktoberfest, o Extra realiza, até o dia 24 de outubro, a primeira edição do Oktober Extra, o maior festival de cervejas do país com descontos de até 30% em mais de 80 rótulos nacionais e importados, além de comidas e outros produtos alusivos à celebração. As oportunidades são válidas para todas as lojas Extra Hiper, Supermercados Extra e Mercado Extra.

Além das ofertas em loja, os clientes cadastrados no Clube Extra, o programa de fidelidade gratuito da rede, poderão ativar no app descontos adicionais em diferentes estilos de cerveja como Weiss, Dunkel, Lager, Witibier, entre outros. A cada três dias, serão ofertados rótulos de diferente estilos com a promoção “Leve 10, Pague 6”, exclusivo para os clientes Clube Extra.

E como toda grande festa merece um celebração especial, o Extra terá ainda uma cerveja exclusiva para a data com um dos estilos da bebida mais comuns na festa alemã, o Marzen. A Marzen Oktober Extra foi produzida em parceria com a cervejaria artesanal Blondine e conta com um aroma suave e maltado, espuma densa e textura cremosa em uma cerveja de baixa fermentação. Além das cervejas especiais, os clientes da rede encontrarão durante a Oktober Extra produtos alemães típicos como linguiças, salsichas e salsichões, além de saborosos pratos para acompanhar a festa preparados pela seção de Rotisserie das lojas. Outros itens que também estarão com preços promocionais são petiscos e salgadinhos, produtos para churrasco e as seções de Bazar, Padaria e Confeitaria.

“O festival Oktober do Extra é mais uma ação que estamos impulsionando em nossas lojas para promover uma grande festa para nossos consumidores. A ação vai contar com produtos variados, alusivos à festa alemã, com descontos muito atrativos. Dessa maneira, o Extra convida seus consumidores a conhecerem novos rótulos e sabores de uma grande paixão nacional que é a cerveja”, detalha Christiane Cruz, Diretora de Marketing do Extra.

O Extra negociou antecipadamente com os seus fornecedores para garantir a adesão da indústria neste novo festival de celebração, garantindo inclusive degustações de algumas das principais marcas de cervejas nacionais e internacionais nas lojas. Para comunicar a novidade, o Extra fará mídia massiva em TV aberta, anúncios de jornal, forte comunicação digital, revista exclusiva, além de uma grande novidade com ação exclusiva em um dos quadros do reality show A Fazenda, da TV Record. Além disso, todas as unidades Extra Hiper, Supermercados Extra e Mercado Extra entrarão no clima de festa da Oktober, com peças exclusivas decorando as lojas e através de painéis tematizados com o tema para que os clientes possam tirar fotos e compartilhar a divertida experiência.

Continuar lendo

Cidades

BRB abre inscrições para curso de educação financeira

Redação

em

Publicado por

Reprodução/Google Imagens

O Banco de Brasília abriu inscrições para a última turma de educação financeira deste ano. O curso ocorrerá de 5 a 7 de novembro, das 18h45 às 21h45, na Gerência de Desenvolvimento de Pessoas da Instituição, na 410/411 Sul.  Durante os três dias serão abordados os seguintes temas: “O que fazer para ter uma vida financeira equilibrada?”, “Planejamento Financeiro – Onde quero chegar?” e “Investimento Financeiro – Projetando o Futuro”.

As inscrições podem ser feitas por meio do e-mail [email protected]. É necessário enviar o nome completo, para posterior emissão do certificado, e o telefone para contato. A confirmação da inscrição será feita também por e-mail.

Em 2018 foram oferecidos seis cursos e que atenderam, ao todo, 2.750 pessoas. Desde 2012, quando o projeto teve início, 35.387 pessoas já participaram das palestras e dos cursos. “Ficamos muito satisfeitos com o crescimento do projeto. A procura constante das pessoas pelo curso nos faz acreditar que os conhecimentos repassados têm realmente ajudado as pessoas a reorganizarem sua vida financeira”, destacou a gerente de desenvolvimento de pessoas do BRB, Karoline Cunha.

Continuar lendo

Cidades

Extra e Pão de Açúcar abrem 350 vagas de emprego em Brasília

Redação

em

Publicado por

Ana Lícia Menezes

O Extra e o Pão de Açúcar, bandeiras do GPA, estão com 350 vagas em Brasília. São 300 vagas para operador de loja e 50 para jovem aprendiz.

Para se candidatar às vagas de operador de loja, os interessados devem ter ensino fundamental completo e mais de 18 anos. Além de salário compatível com o mercado, os funcionários vão receber seguro de vida, assistência médica, assistência odontológica, extensão da licença maternidade, enxoval do bebê, cartão da mamãe, refeição no local de trabalho, vale alimentação, vale transporte, cartão multicheque e cooperativa de crédito.

Já os candidatos às vagas de Jovem Aprendiz devem estar cursando ou ter completado o ensino médio, e ter entre 18 e 23 anos. Além do salário, o profissional irá receber seguro de vida, assistência médica, refeição no local de trabalho e vale transporte. Não é necessário ter experiência anterior na área.

Para se candidatar é necessário acessar o site www.gpabr.com/vagas e clicar em “Veja nossas vagas”. Depois o interessado deve pesquisar pelo código “MUOPE1445535 – Operador de loja – Minas, DF, GO, MT, MS” ou “Aprendiz Operador” (de acordo com a vaga pretendida), selecionar a região escolhida e clicar em “Cadastrar-se e candidatar-se”. É importante que o interessado fique atento ao e-mail, pois todo contato com o candidato será feito por ele.

Conheça as vagas

Operador de loja

Oportunidade para trabalhar como operador de Caixa, Repositor de Mercadorias ou Atendente de balcão, em setores como Açougue, Frios, FLV, Peixaria, Padaria, Confeitaria e Rotisserie. As principais atividades exercidas são de atendimento ao cliente, recebimento e reposição de produtos, precificação e organização da loja.

Salário + Benefícios (Seguro de Vida, Assistência Médica, Assistência Odontológica, Extensão da Licença Maternidade, Enxoval do Bebê, Cartão da Mamãe, Refeição no local de trabalho, Vale Alimentação, Vale Transporte, Cartão Multicheque, Cooperativa de Crédito).

Escala de trabalho: 6X1 Horário: período tarde/noite (com início a partir das 14h ou 15h).

Aprendiz operador

Atendimento ao cliente, abertura e fechamento de caixa, abastecimento e precificação de mercadorias, conferência de validade, limpeza e organização do setor, devolução de produtos nas gôndolas.

Salário + Benefícios (Seguro de Vida, Assistência Médica, Refeição no local de trabalho, Vale Transporte).

Escala de trabalho: CIEE 10hs às 16hs ou 14hs às 20hs – Sexta, Sábado, Domingo e Segunda ou Terça, Quarta, Sábado e Domingo (escala varia de acordo com a Bandeira – irá trabalhar no Extra ou Pão de Açúcar). Além de um dia de curso na instituição.

Continuar lendo
Brasília, 16 de outubro de 2018

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas da Semana