Mudança no horário do Eixão do Lazer é aprovada por 89% dos brasilienses

O ano de 2017 começou com alterações no horário do Eixão do Lazer. Neste domingo (1º), a via tradicionalmente sem carros das 6 às 18 horas ficou aberta para caminhadas, corridas, bicicletas, patins, skates, das 7 às 19 horas. No portal do governo de Brasília, segundo a Casa Civil, 89,8% dos que votaram na enquete são favoráveis ao novo período.

Para o estudante Caio Rodrigues Barroso, de 24 anos, a mudança foi providencial para que ele fosse andar no Eixão. “Nunca venho aqui aos domingos, mas, com essa mudança, sol menos intenso, favoreceu”, disse. A também estudante Natália Barbosa, de 25 anos, que acompanhava Caio na caminhada, ainda fez uma observação quanto ao horário matutino. “Imagino que poucas pessoas venham antes das 7 horas no horário de verão.”

Apesar de ter furado o pneu da bicicleta e precisar carregá-la nas costas, o professor Swai Teodoro, de 37 anos, disse ser um horário melhor para levar os filhos. “Para quem tem criança, como eu, facilita. O sol mais ameno faz esse horário das 18 às 19 horas o melhor para vir aos domingos”, afirmou, acompanhado dos filhos Artur, de 9 anos, e Luís, de 6.

O governo de Brasília vai manter o horário do Eixão do Lazer durante o mês de janeiro. Caso a população aprove, a mudança permanece até 19 de fevereiro, último dia deste ciclo do horário de verão.

Na enquete virtual, até as 18h30 de hoje, 44 pessoas tinham respondido “sim” e apenas cinco, “não” para a pergunta: “Você prefere que, durante todo o horário de verão, o Eixão do Lazer funcione das 7 h às 19 h?”

O horário de verão começa sempre no terceiro domingo de outubro e vai até o terceiro ou quarto domingo de fevereiro do ano seguinte. A média é de 120 dias por ciclo, sendo que, em 2017, será de 127. Ele funciona de acordo com o Decreto Federal nº 6.558, de setembro de 2008.

Compartilhar