Curta nossa página

MPDFT lança programa para aperfeiçoar o combate aos crimes contra a vida no Distrito Federal

Publicado

Foto/Imagem:


O Distrito Federal ocupa atualmente o 7º lugar no ranking de homicídios por habitantes no Brasil, com aproximadamente 700 assassinatos por ano (dados de 2011). Esse índice preocupa o Ministério Público do DF e Territórios (MPDFT), que atua acusando, perante o Júri Popular, os autores de crimes dolosos contra a vida. Para coordenar e fomentar esse trabalho, a Instituição criou o Núcleo Gestor de Políticas de Proteção à Vida, que será, oficialmente, lançado nessa sexta-feira, dia 10, às 10h, no Espaço Ágora, na Sede do MPDFT. Na oportunidade, o coordenador do Núcleo, promotor de Justiça Marcelo Leite Borges, apresentará as metas e os objetivos da Instituição.

O grande objetivo do Núcleo é coordenar a atuação do Ministério Público em cada região administrativa com os demais órgãos de Justiça criminal: Polícia Civil, Polícia Militar, Governo do Distrito Federal e Poder Judiciário. “Para entregar o resultado esperado pela sociedade, precisamos tratar do crime de homicídio como fenômeno dentro do Distrito Federal, e não apenas caso a caso”, explica o promotor de Justiça Marcelo Borges, titular da Promotoria do Tribunal do Júri de Brasília. Melhorar as condições de trabalho dos promotores que realizam os plenários do júri, fomentar a pesquisa acadêmica na área e a produção de dados estatísticos também são preocupações do Núcleo.

O lançamento terá as presenças de representantes do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT), das polícias Civil e Militar, do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) e da Secretaria de Segurança Pública, além dos integrantes do MPDFT.

Lançamento do Núcleo Gestor de Políticas de Proteção à Vida
Data: 10/04, às 10h
Local: Espaço Ágora, na Sede do MPDFT

Atualizado em 09/04/2015 – 11:43.

Publicidade
Comentários
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas da Semana