Curta nossa página

R$ 3 mil

Justiça manda empresa indenizar cliente por vender carro com defeito

Publicado

Foto/Imagem:


O Tribunal de Justiça do Distrito Federal condenou uma concessionária a indenizar em R$ 3 mil um cliente para o qual vendeu um carro usado com “vários defeitos ocultos”. Por causa dos problemas, o homem ficou impossibilitado de usar o  veículo por seis meses. A empresa deverá pagar R$ 1,2 mil para compensar gastos com manutenção e conservação do automóvel. Cabe recurso à decisão.

De acordo com o processo, o contrato foi rescindido e o consumidor recebeu o valor pago pelo carro, mas sem qualquer atualização. “Os fatos relatados nos autos transbordam a um simples aborrecimento, fazendo jus o requerente à reparação pelos danos sofridos, pois a espera de quase seis meses para reparar o veículo cujos defeitos já eram preexistentes é fato bastante para causar angústia, frustrações, transtornos, dissabores, enfim, tantas outras alterações no estado psicológico do consumidor”, diz a sentença.

Atualizado em 31/01/2016 – 12:14.

Publicidade
Comentários
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas da Semana