Curta nossa página

Caos

Governador e dirigentes da Saúde discutem soluções para a área

Publicado

Foto/Imagem:


O governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg, recebeu, na manhã desta terça-feira (5), titulares das 15 coordenações regionais de saúde do DF e diretores dos 16 hospitais que compõem a rede pública para discutir soluções para o setor. Na reunião, na Residência Oficial de Águas Claras, a Secretaria de Saúde apresentou necessidades e resultados. Depois, houve um grande debate sobre as dificuldades da rede.

“O objetivo aqui foi conversar com os gestores para melhorar o atendimento nos próximos meses”, resumiu o governador. “A gente sofre com o sofrimento da população. O que me preocupa é a dificuldade de atendimento, especialmente a quem tem urgência.” Para identificar os principais problemas no atendimento emergencial, o governo criou no ano passado um grupo de apoio assistencial. Desde 29 de dezembro, servidores visitaram 13 hospitais e 6 UPAs.

Relatório parcial do trabalho do grupo detalhou os entraves e sugeriu propostas de ações para melhorias das unidades. “Estamos identificando pontos críticos, verificando a qualidade do atendimento, comparando a capacidade e a taxa de ocupação da unidade, entre outros pontos”, explicou a secretária-adjunta de Saúde, Eliene Berg.  A desorganização de escalas e a falta de medicamentos em algumas unidades foram confirmados. “Procuramos atender a demandas urgentes, como a remoção de pacientes e o abastecimento de remédios”, afirmou Eliene.

Diante dos diagnósticos das visitas, o grupo elaborou um plano de ação em curto, médio e longo prazo que envolve levantamento de material, capacitação de profissionais, restruturação de pessoal e maior regulamentação do abastecimento das farmácias. Segundo a secretária-adjunta de Saúde, as ações serão continuadas.

Gabriela Moll, da Agência Brasília

Atualizado em 05/01/2016 – 14:05.

Publicidade
Comentários
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas da Semana