Curta nossa página

Saiba como doar

Estoques de sangue do Hemocentro de Brasília estão em forte queda

Publicado

hemocentro
Foto/Imagem: Renato Araújo/Agência Brasília


Com o período de férias e o aumento do número de infecções por gripe e Covid-19 no Distrito Federal, a movimentação de doadores no Hemocentro de Brasília teve queda nos primeiros dias de 2022.

Segundo a Fundação Hemocentro de Brasília (FHB), até a última segunda-feira (10), foi registrada uma média de 127 bolsas de sangue coletadas por dia, 19,6% a menos que as doações contabilizadas no mesmo período do ano anterior.

A redução nas doações já impacta os estoques de sangue no local. De acordo com a FHB, as bolsas de sangue tipo O positivo, B negativo, A positivo e A negativo estão em nível baixo, e os de tipo O negativo e AB negativo, em nível crítico. Por isso, a instituição pede doações.

Como doar

O Hemocentro de Brasília está localizado no Setor Médico Hospitalar Norte (W3), e atende de segunda a sábado, das 7h15 às 18h.

Com o objetivo de evitar aglomerações, o agendamento da doação de sangue segue obrigatório, e deve ser feito pela internet. Para doar, é preciso ter entre 16 e 69 anos, pesar mais de 51 kg e estar saudável.

Quem teve gripe deve aguardar 15 dias após o desaparecimento dos sintomas para poder realizar a doação de sangue. Para quem contraiu Covid-19, o prazo é de 30 dias. Caso a pessoa tenha tido contato com algum infectado ou suspeita de umas das doenças, deve esperar 14 dias para fazer o agendamento.

Pessoas que se vacinaram contra a Covid-19 recentemente também podem doar sangue, desde que respeitem o prazo determinado para cada imunizante: vacina contra gripe e Coronavac, impedem a doação de sangue por dois dias após cada dose; Pfizer, Astrazeneca e Janssen, impedem a doação de sangue por sete dias após cada dose.

Atualizado em 12/01/2022 – 11:17.

Publicidade
Comentários
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas da Semana