Curta nossa página

Economia com frota de veículos foi de R$ 3,1 milhões no primeiro trimestre

Publicado

Foto/Imagem:


A busca pela otimização da frota de veículos alugados pelo governo de Brasília já traz os resultados iniciais: no primeiro trimestre de 2015, a economia em relação ao mesmo período do ano passado foi de R$ 3,1 milhões, reflexo da devolução de 331 automóveis e da diminuição do consumo de combustível em mais de 387 mil litros.

“No total, foram devolvidos 107 Líneas, 82 Kombis, 55 Voyages, 40 Gols, 29 Unos, 12 Azeras e 6 Fusions. Outros 28 Unos e 10 Gols devem ser devolvidos em breve”, detalhou o secretário de Gestão Administrativa e Desburocratização, Antonio Paulo Vogel.

O corte nos contratos das locadoras chegou a 42%. Entre janeiro e março, o gasto com aluguel de veículos foi de R$ 2,894 milhões, enquanto, nos três primeiros meses do ano passado, foi de quase R$ 5 milhões. Uma das medidas que contribuiu para esse resultado foi a redução no número de autoridades que têm direito a carro oficial.

A despesa com combustível também tem sido monitorada. A orientação é planejar o roteiro a ser feito de acordo com as demandas e distribuir as viagens de forma inteligente entre os motoristas. Esse tipo de planejamento já surtiu efeito nos cofres públicos. O gasto caiu 40%, e a economia com combustível no governo ultrapassa R$ 1 milhão no primeiro trimestre deste ano.

A meta da Secretaria de Gestão Administrativa e Desburocratização é economizar R$ 11,5 milhões em um ano com o aluguel de carros e com combustível. Se o cenário atual for mantido, essa expectativa deverá ser superada, de acordo com a pasta.

Atualizado em 29/04/2015 – 20:38.

Publicidade
Comentários
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas da Semana