Em 22 dias

Detran-DF: Operação Festa Segura autua 582 condutores alcoolizados

Foto: Tony Winston/Agência Brasília

Durante a Operação Festa Segura, realizada pelo Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran/DF) entre 18 de dezembro de 2017 e a madrugada de 8 de janeiro de 2018, 582 condutores foram flagrados conduzindo veículo sob efeito de álcool e sete deles foram presos em flagrante, pois o teste de alcoolemia constatou índice alcoólico considerado crime, conforme o artigo 306 do Código de Trânsito Brasileiro.

Com o objetivo de reforçar a fiscalização no período de festas de fim de ano, foram realizadas 216 operações de fiscalização, mais do que as 200 previstas para o período, divididas entre blitz em pontos fixos e patrulhamentos com abordagens, especialmente em regiões de bares, restaurantes, casas de shows e clubes.

Abordagens e autuações – Nos 22 dias de operações, os agentes de trânsito realizaram 42.176 consultas de veículos e condutores e 2.931 abordagens, resultando na autuação de 181 condutores não habilitados, 2.807 por falta de cinto de segurança, 103 por transporte de crianças sem o uso de cadeirinhas ou outros dispositivos, além de 9.738 por infrações diversas – incluindo estacionamento irregular de veículos – e remoção de 1.168 veículos ao depósito da autarquia.

A estatística de trânsito contabilizou 14 mortes no mês de dezembro de 2017, menos que a metade das ocorrências registradas em dezembro do ano anterior (30) e o menor número de óbitos já registrado pelo Detran em 23 anos. Nas vias urbanas, de competência do Detran, foram registrados três óbitos nos 31 dias.

“Esses dados comprovam o empenho deste Departamento de Trânsito e dos demais órgãos de fiscalização viária em garantir segurança à população do Distrito Federal, demonstrado pelos dados estatísticos do ano de 2017 que configuram a maior redução no número de mortes em mais de 20 anos de pesquisa”, avalia o diretor de Policiamento e Fiscalização de Trânsito, Glauber Peixoto.

Além das fiscalizações de rotina, a Diretoria de Policiamento e Fiscalização de Trânsito planeja repetir operações de policiamento intensivo ao longo do ano, em períodos específicos, para que seja possível manter o ritmo de redução da violência de trânsito nas vias do Distrito Federal. A próxima, prevista o período de Carnaval, já está em fase de planejamento e terá a duração estimada em 15 dias.

Compartilhar