Curta nossa página

Cobrança de tarifa no Expresso Sul é adiada para 3 de abril

Publicado

Foto/Imagem:


O DFTrans informou nesta quinta-feira (26) que a cobrança da tarifa do BRT Sul foi adiada para a sexta-feira da semana que vem, dia 3. A passagem vai custar R$ 3. A medida foi tomada para ampliar o prazo para usuários comprarem os bilhetes eletrônicos, que serão obrigatórios para usar o sistema. O prazo anterior era 28 de março.

A exemplo do que foi realizado nesta semana, a venda do bilhete será reforçada em terminais e estações ao longo do trajeto do Expresso DF. No mesmo período, funcionários da Pioneira, empresa que opera o BRT, vai colocar funcionários nos ônibus para vender os bilhetes. O prazo de venda nestes pontos poderá ser prorrogado, mas a autarquia informou que 70% dos usuários já possuem cartões.

A partir do dia 3, a venda e recarga será feita exclusivamente nos postos fixos do DFTrans – na Rodoviária do Plano Piloto, na Estação Galeria e nos postos do SBA em Taguatinga, Gama, e Sobradinho, e no terminal da 401 de Santa Maria.

O bilhete único, que não precisa de cadastro do usuário, pode ser adquirido em qualquer estação do Expresso DF.

O diretor técnico do DFTrans, Adonias Ribeiro Gonçalves, disse que todos os ônibus das linhas paradoras são dotados de catracas e validadores que permitem o uso qualquer tipo de cartão – vale-transporte, Cidadão, PNE, estudantil e sênior.

“Todos os tipos de cartões hoje utilizados pela população poderão ser utilizados normalmente e recarregados em qualquer uma das lojas do BRT na Rodoviária, Galeria, na estação do BRT do Gama, em Santa Maria, na Rodoviária do Gama e teremos em Santa Maria um ônibus capaz de vender o cartão e carregar crédito”, disse. “Para quem tem o cartão pode carregar com R$ 3, que é o valor da passagem, mas sempre recomendamos que carregue com mais crédito.”

Canais de atendimento – DFTrans

Atualizado em 26/03/2015 – 19:44.

Publicidade
Comentários
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas da Semana