Curta nossa página

Menos um

Beneficiário do saidão de Ano-Novo é preso após abordagem na rodoviária

Publicado

Foto/Imagem:


Um detento beneficiário do saidão de Ano-Novo foi preso na manhã desta quinta-feira (7) na rodoviária do Plano Piloto, depois de tentar fugir ao ser abordado pela Polícia Militar. O homem era considerado foragido desde a última segunda-feira (4), quando deveria ter voltado para o presídio.

A PM informou que patrulhava a área perto do Teatro Nacional quando se aproximou do homem. Depois de ser alcançado, ele tentou mentir a identidade.

O rapaz foi levado para a 5ª DP, na Asa Norte, onde foi reconhecido após exame papiloscópico (por impressão digital). Segundo a PM, o detento cumpre pena por roubo, ameaça e furto.

Quem comete infrações durante o período e é pego em flagrante perde todos os direitos e a pena do novo crime é somada às outras.

O saidão é permitido a presos em regime semiaberto; que já cumpriram 1/6 da pena, quando réu primário, ou 1/4, quando reincidente; e que tiveram autorização de trabalho externo, saídas temporárias ou que já saíram nos outros anos. O benefício é concedido pela Secretaria de Justiça, por meio da Subsecretaria do Sistema Penitenciário, em datas comemorativas, como Páscoa, Natal, Ano Novo e Dia das Crianças.

Enquanto estiverem fora da prisão, os condenados devem manter “boa conduta” – não podem circular na rua após as 18h, nem ingerir bebida alcoólica ou frequentar bares. Os agentes do sistema penitenciário podem fazer “visitas surpresa” às residências dos presos, para verificar se as determinações estão sendo cumpridas.

Segundo a Subsecretaria do Sistema Penitenciário do Distrito Federal (Sesipe), 23 presidiários beneficiados pelo saidão de Ano Novo não retornaram à carceragem na data prevista. O número corresponde a 1,73% dos 1.308 internos liberados para comemorar o réveillon.

Atualizado em 08/01/2016 – 09:25.

Publicidade
Comentários
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas da Semana