Curta nossa página

Alunos do Varjão recebem diploma de curso de prevenção às drogas da Polícia Militar

Publicado

Foto/Imagem:


Nesta quinta-feira (26), os 115 alunos do quinto ano do ensino fundamental da Escola Classe do Varjão foram os primeiros da região a se formar pelo Programa Educacional de Resistência às Drogas (Proerd), lecionado pela Polícia Militar do Distrito Federal. Colégios de 28 regiões administrativas já receberam o curso, que busca prevenir o uso de entorpecentes e diminuir os índices de violência relacionados ao tema.

Professor do programa no Varjão, o sargento Alexandre Pereira diz que é perceptível a mudança de comportamento dos alunos participantes. “A gente trabalha com o lado social na comunidade, com a questão da vulnerabilidade. Eles são ensinados a resistir às drogas e a evitar companhias que possam incentivar o consumo.”

O coordenador pedagógico do Proerd, sargento Rodrigues, atua há 16 anos na capacitação e informa que a faixa média de idade dos estudantes atendidos é de 9 a 12 anos. “É a fase de transição, quando passa de criança para adolescente”, justifica. O administrador regional do Varjão e do Lago Norte, Leandro Casarin, assistiu à cerimônia de formatura.

Pequenos aprendizes
O jovem Pedro Henrique Galvão tem 11 anos e foi um dos que recebeu o diploma de conclusão do curso nesta noite. Segundo a mãe dele, Marielza Galvão, o menino empolgou-se com as palestras oferecidas. “Ele quis saber mais sobre os malefícios das drogas, pesquisou sobre o assunto.” Estudante da Educação de Jovens e Adultos, Marielza orgulha-se do filho, que teve a redação selecionada para representar a turma no programa.

A aluna Vanessa Alves do Nascimento, de 11 anos, também teve o texto escolhido para leitura no evento. De acordo com a mãe da estudante, Edna Alves da Silva, o comportamento da menina mudou dentro de casa, inclusive durante discussões. “Ela fala que não adianta brigar e que tem aprendido isso no programa.”

A diretora da Escola Classe do Varjão, Cláudia Inácio, conta que os professores perceberam mudança positiva nas atitudes dentro da sala de aula durante e após o curso. “Nossos alunos eram bem mais agitados, agora estão mais tranquilos.”

Programa
O Proerd funciona em Brasília desde 1998. Durante três meses, com programação semanal, são ministradas palestras sobre os malefícios do consumo de álcool, de cigarro e de drogas ilícitas. No Varjão, as aulas foram dadas em seis turmas. A iniciativa só não foi levada ainda a duas regiões: Sudoeste/Octogonal e Águas Claras.

Jade Abreu, da Agência Brasília

Atualizado em 27/11/2015 – 09:44.

Publicidade
Comentários
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas da Semana