Curta nossa página

Programe-se

Confira a agenda dos blocos de Carnaval; folia começa no dia 17 de janeiro

Publicado

Foto/Imagem:


Os blocos de carnaval de rua divulgaram a agenda de eventos deste ano. As atrações começam em 17 de janeiro e vão até 17 de fevereiro. Confira a lista dos blocos por cada dia de folia no final da reportagem.

A expectativa das agremiações é receber um público de 1 milhão de pessoas durante a festa. O número é o mesmo registrado na folia de 2015.

Nesta terça-feira (5), o governo do Distrito Federal informou que vai aumentar o investimento na estrutura do Carnaval deste ano, mas que não haveria gasto com despesas artísticas. Assim, as escolas de samba ficam sem recursos do GDF, o que impossibilita a realização do desfile pelo segundo ano seguido.

Em 2015, o governo não destinou verba pública para a realização do Carnaval na capital. O corte incluía o montante repassado às escolas de samba e blocos tradicionais e também incidiu sobre a estrutura e os profissionais mobilizados para dar suporte aos grupos responsáveis pela festa na rua. As fantasias e alegorias que já tinham sido concluídas foram guardadas para os festejos deste ano.

De acordo com o secretário de cultura, Guilherme Reis, o GDF vai apoiar o evento cedendo banheiro químico, palcos, tendas, caixas de som, geradores, brigadistas e segurança privada. Nesse setor, a despesa pública vai passar de R$ 70 mil para R$ 780 mil. – 11 vezes mais.

A expectativa é de que cerca de 30 blocos de rua sejam beneficiados pelo aporte. Ao todo, eles devem mobilizar um público estimado de 1 milhão de pessoas – mesma quantidade do ano passado.

“Não é possível pela realidade financeira do momento fazer o repasse de recursos para as escolas de samba. A gente lamenta muito”, afirmou o secretário.

“Neste momento seria irresponsável, inadequado fazer um repasse no valor que se estabeleceu.” Segundo Reis, se o GDF fosse também investir no setor artístico carnavalesco, o desembolso total seria de R$ 13 milhões neste ano.

Blocos e escolas de samba deveriam procurar apoio “a partir de agora” da iniciativa privada, recomendou o secretário. O GDF também propõe que os organizadores continuem procurando apoio por meio de editais, como do Fundo de Apoio à Cultura (FAC) ou da Lei Rouanet. Blocos de rua de sucesso no Carnaval, projetos como o “Babydoll de Nylon” e “Carnativos” não conseguiram ser contemplados pelos programas.

“Neste momento já temos aprovado um projeto que se chama ‘Maratona do samba’. É um belíssimo projeto no qual conseguimos aporte de R$ 900 mil para um mês de atividade intensa, em escolas, metrô, feiras e parques”, disse Reis. “Vão ser 30 dias de samba espalhado pela cidade.”

Agenda de blocos de rua

17 de janeiro
Abrindo A Roda – 10h no Parque do Sudoeste
Virgens Da Asa Norte – 14h no SBN (La Ursa)

23 de janeiro
Suvaco Da Asa – 10h no Cruzeiro/Sudoeste

24 de janeiro
Maria Vai Casoutras – 15h30 na Praça dos Prazeres (201 norte)

30 de janeiro
Bloco Encosta Que Cresce – 14h no Estacionamento da Funarte
Samba Do Peleja
Tuthankasmona – Tombando A Pyramide

31 de janeiro
Cafuçu Do Cerrado
Falta Pouco

2 de fevereiro
Rejunta Meu Bulcão – 19h na Praça dos Prazeres (201 Norte)

6 de fevereiro
Babydoll De Nylon – 14h na Praça do Cruzeiro
Bloco Agô – 11h na Praça Cultural da Torre de TV
Concentra Mais Não Sai

7 de fevereiro
Agoniza, Mas Não Morre
Bloco Do Amor
Bloco Do Bem – Música Eletrônica Brasileira
Concentra Mais Não Sai

8 de fevereiro
Aparelhinho e Acabou O Gás
Bloco Das Divinas Tetas
Concentra Mais Não Sai

9 de fevereiro
Calango Careta
Essa Boquinha Eu Já Beijei

14 de fevereiro
Anti-Bloco
Carnapati

15 de fevereiro
Bicibloco
Tesourinha

16 de fevereiro
Carnapati

17 de fevereiro
Tesourinha

Atualizado em 09/01/2016 – 12:58.

Publicidade
Comentários
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas da Semana