Curta nossa página

Luto no futebol

Roberto Dinamite, maior artilheiro do Campeonato Brasileiro, morre no Rio

Publicado

Roberto Dinamite
Foto/Imagem: Daniel Ramalho/CRVG


O torcedor brasileiro ainda estava enxugando as lágrimas pela morte de Pelé, quando uma nova torrente de choro tomou conta das suas faces, em especial dos vascaínos. Roberto Dinamite morreu neste domingo (8), no Rio de Janeiro. A causa da morte foi a mesma que acometeu o ‘Rei’: câncer no intestino. Ele tinha 68 anos.

Dinamite, considerado maior ídolo da história do Vasco, lutava contra a doença desde 2021. Em janeiro do ano passado, ele revelou que daria início a um tratamento de quimioterapia. O diagnóstico de câncer veio após exames par identificar uma obstrução intestinal.

Na época, Roberto Dinamite postou a seguinte mensagem na redes sociais: “Notícia dura, mas eu só tenho uma opção: Levantar a cabeça e enfrentar essa batalha”. Em seguida, lembrou que estaria iniciando imediatamente o tratamento de quimioterapia “buscando uma pronta recuperação para retornar o quanto antes às minhas atividades”.

Em sua carreira, Dinamite usou por exatos 1 mil 100 jogos a camisa vascaína. Ele conquistou o Campeonato Brasileiro de 1974 (onde foi o artilheiro da competição com 16 gols), e os Estaduais de 1977, 1982, 1987, 1988 e 1992, além de taças e torneios no Brasil e exterior.

Roberto Dinamite é o maior artilheiro do Campeonato Brasileiro, do Campeonato Carioca, do estádio de São Januário e dos clássicos entre Vasco e os rivais Flamengo, Fluminense e Botafogo. Em abril de 2022, ele foi homenageado com uma estátua no gramado de São Januário e se emocionou com a presença de torcedores, além do amigo Zico, maior ídolo do rival Flamengo.

Como todo grande jogador brasileiro, passou pela Europa (Barcelona). Na volta ao Brasil foi para o Corinthians, numa breve passagem, até regressar ao time do seu coração.

Atualizado em 08/01/2023 – 13:13.

Publicidade
Publicidade

Mais Lidas da Semana