Curta nossa página

Causa cegueira

OMS estima 111,8 milhões de casos de glaucoma no mundo até 2040

Publicado

glaucoma
Foto/Imagem: Freepik


O dia 26 de maio é marcado pela campanha do combate ao glaucoma, é silencioso e a principal causa de cegueira irreversível em todo o mundo. A data visa conscientizar a população sobre a prevenção, diagnóstico precoce e tratamento da doença.



De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), estima-se que 64,3 milhões de pessoas entre 40 e 80 anos tenham alguma forma de deficiência visual ocasionada pelo glaucoma. Além disso, as projeções da entidade indicam um aumento preocupante, prevendo que em 2040 esse número ultrapasse os 111,8 milhões de casos no mundo.

O glaucoma é uma doença ocular caracterizada por causar um dano progressivo e silencioso do nervo óptico, o que pode levar à uma perda gradativa do campo visual, bem como sinais de sensibilidade visual, como a turvação visual, isto é, vista embaçada. Infelizmente, muitas pessoas desconhecem sua condição até que ocorra uma perda significativa da visão.

A Dra. Nubia Vanessa, médica oftalmologista do CBV – Hospital de Olhos, destaca a importância da campanha de conscientização. “90% dos pacientes não sabem que possuem a doença. Por isso é tão importante que a comunidade esteja informada sobre os riscos e os sintomas de alerta”. Segundo a médica, hereditariedade, idade avançada e diabetes estão entre os fatores de risco.

A oftalmologista ressalta ainda a importância das consultas frequentes. “Quando o glaucoma é diagnosticado precocemente e o tratamento adequado é aplicado, cerca de 60 a 80% dos casos de cegueira podem ser evitáveis. O ideal é sempre consultar o seu oftalmologista pelo menos uma vez ao ano para testar a visão e identificar precocemente alterações estruturais ou funcionais que possam evoluir para a perda visual”, enfatiza.

Além das consultas frequentes com especialistas, a Dra. Nubia destaca alguns cuidados que é preciso ter com a visão. Confira:

  • Evite coçar os olhos;
  • Não use colírios sem indicação médica;
  • Evite a exposição prolongada e sem pausa à aparelhos eletrônicos;
  • Tenha uma alimentação saudável, fugindo do consumo excessivo de álcool e outras drogas;
  • Use sempre óculos de sol com proteção UV.

Atualizado em 24/05/2024 – 07:04.

Publicidade
Publicidade

Mais Lidas da Semana