Curta nossa página

Veículos

R-Design e Polestar

Nova geração: Volvo S60 chega ao Brasil em meados de 2019

Redação
Divulgação/Volvo
Tião Oliveira

A nova geração do S60 chegará ao Brasil em meados do ano que vem inicialmente em duas versões: R-Design e Polestar. A segunda tem sistema híbrido plug-in (as baterias podem ser recarregadas em tomada elétrica). O sedã médio protagoniza dois fatos históricos para a Volvo. Além de ser o primeiro carro da marca produzido nos Estados Unidos, não haverá versão com motor a diesel.

O novo S60 foi revelado em junho deste ano no evento de inauguração da planta de Charleston, na Carolina do Sul, onde será concentrada a produção do modelo. O sedã utiliza a plataforma batizada pela Volvo de arquitetura SPA, a mesma da perua V60 e de modelos como o sedã S90 e os SUVs XC60 e XC90.

Embora a marca ainda não tenha revelado detalhes, a versão R-Design que será vendida no Brasil deverá ter motor a gasolina de cerca de 320 cv. A Polestar, por sua vez, terá mais de 420 cv de potência combinada. Serão 333 cv do motor a combustão e 88 cv do elétrico. Em ambas o câmbio será automático de oito velocidades e a tração, nas quatro rodas.

O sedã médio tem 4,76 metros de comprimento, 2,87 m de distância entre os eixos e 1,92 m de largura. O porta-malas tem 442 litros de capacidade. Para comparação, o Toyota Corolla, líder de vendas entre os sedãs médios nacionais, tem 4,62 metros de comprimento, 2,7 m de entre-eixos e porta-malas com capacidade para 470 litros.

S60 bem equipado

Entre os destaques, o novo S60 traz o sistema de entretenimento Sensus Connect. Ele é compatível com Android Auto e Apple CarPlay e já é oferecido em outros carros da Volvo. Há também o City Safety com Autobrake. Trata-se de um sistema que reduz o risco de colisão e “reconhece” pedestres, ciclistas e animais, inclusive à noite. Dos opcionais, chama a atenção a condução semiautônoma, que funciona com o carro rodando a até 130 km/h.

Ainda não há informações sobre preços, mas o novo sedã deverá custar mais que os cerca de R$ 160 mil da geração anterior.

Publicidade

Veículos

Kia Sportage chega à linha 2019 com leve reestilização

Redação

em

Publicado por

Divulgação/Kia

A Kia começou a vender a linha 2019 do Sportage no Brasil. O SUV passou por uma leve reestilização, e tem novos faróis, para-choque dianteiro e rodas. A tabela parte de R$ 111.990, alta de R$ 2 mil ante a linha 2018. O modelo será apresentado oficialmente no Salão de São Paulo.

A cabine também tem novidades. O volante é novo e os comandos do ar-condicionado foram redesenhados, bem como a central multimídia que está mais integrada ao painel. O equipamento, aliás, passa a trazer conectividade com Android Auto e Apple CarPlay.

A versão de entrada do Sportage tem rodas de 18 polegadas, multimídia com tela de cinco polegadas e câmera de ré. As versões mais caras adicionam itens como ar-condicionado automático, rodas maiores, teto solar panorâmico e até sensores de ponto cego. Uma das novidades da linha 2019 também pe um carregador sem fio para celulares, disponível na versão mais cara. A variante topo de linha do Sportage custa R$ 156.990.

O motor não muda e é o mesmo para todas as versões. O SUV é equipado com um 2.0 de 167 cv e câmbio automático de seis marchas. Há opção de trocas manuais na alavanca.

Continuar lendo

Veículos

Mini inicia pré-venda do Cooper S E Countryman ALL4 no Brasil

Redação

em

Publicado por

Divulgação/Mini

A Mini começou a campanha de pré-venda do Cooper S E Countryman ALL4 no Brasil. O modelo, que é uma das estrelas da marca no Salão do Automóvel, tem entregas previstas para 26 de novembro. O preço é de R$ 199.990.

O modelo é equipado com um motor 1.5 turbo a gasolina de três cilindros e outro elétrico, instalado no eixo traseiro. A potência combinada chega a 227 cv e torque de 39,3 mkgf. O câmbio é automático de seis marchas. O motor elétrico envia força às rodas de trás, tornando o Countryman híbrido um modelo 4X4.

Segundo a marca, o sistema eletrônico pode coordenar o uso dos dois motores de acordo com as necessidades. Em modo automático, o SUV usa apenas energia elétrica a velocidades de até 80 km/h. Caso o motorista precise de mais força, ou ande mais rápido, o motor a combustão entra em funcionamento. No modo MAX eDrive, o motor elétrico leva o Countryman a até 125 km/h. Um terceiro modo consegue recarregar as baterias durante um percurso, para que o motorista use a carga em situações específicas.

Tecnologias do i8 no Countryman

Algumas tecnologias empregadas nos elétricos i3 e i8 também foram usadas no Mini híbrido. Uma delas é a possibilidade de usar o motor elétrico do eixo traseiro para garantir mais tração e estabilidade, em conjunto com o ESP. O princípio é o mesmo usado no i8. Além disso, o sistema de GPS consegue encontrar rotas mais eficientes e indicar pontos de recarga.

Continuar lendo

Veículos

Nissan convoca para recall em 245 unidades do Kicks e Versa

Redação

em

Publicado por

Valeria Gonlçalvez/Estadão

Nissan faz recall para consertar a fixação do banco do passageiro a partir desta segunda-feira (29), nas concessionárias da marca. A ancoragem pode ter saído de fábrica com menos torque nos parafusos do que o indicado, diminuindo sua resistência numa colisão. São 131 unidades envolvidas do Kicks e 114 do Versa, todas fabricadas em abril de 2018.

Se necessário, a Nissan trocará o banco do passageiro por inteiro para sanar a falha. Os chassis não são sequenciais e vão de 94DFCAP15JB138845 a 94DFCAP15JB139296 para o Kicks e de 94DBCAN17JB217802 a 84DBFAN17KB100193 para o Versa. O conserto pode levar até duas horas para ser realizado. A Nissan coloca à disposição o telefone 0800-011-1090 ou seu site para mais informações.

Continuar lendo
Brasília, 16 de novembro de 2018

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas da Semana