Curta nossa página
Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Doença rara

Jessie J é diagnosticada com Síndrome de Ménière após perder audição

Redação

Publicado

Foto/Imagem: Anthony Harvey


A cantora Jessie J foi diagnosticada com Síndrome de Ménière, uma doença rara que afeta o ouvido e pode causar a perda da audição. Em transmissão ao vivo nas redes sociais, a artista revelou que acordou no último dia 24 sem ouvir do lado direito e “sem conseguir andar em linha reta”.

— Eu conheço várias pessoas que sofrem com isso e várias falaram comigo e me deram dicas ótimas, então estou descansando no silêncio. Estou muito grata pela minha saúde. Eu só fui pega de surpresa. Era véspera de Natal e eu estava no hospital pensando “o que está acontecendo”, mas estou feliz de ter ido logo e que descobriram o que era com rapidez e me deram os remédios certos. Estou me sentindo bem melhor hoje — disse.

Jessie J também explicou qual era a sensação que tinha nas primeiras horas:

— Faz muito tempo que não canto e quando canto muito alto parece que tem alguém querendo sair de dentro da minha orelha.

Ainda durante o feriado, na sexta-feira (25), a cantora publicou uma foto dando detalhes de seu dia. Ela contou que assistia à série O Gambito da Rainha “com meu dedo na minha orelha”. “Assisti ao primeiro episódio quatro vezes porque não tenho foco e parece que alguém entrou na minha orelha e ligou um secador de cabelo”, detalhou na legenda da postagem.

A Síndrome de Ménière é caracterizada, normalmente, pelo aumento da pressão da endolinfa, líquido existente no labirinto que fica dentro do ouvido. As causas ainda não são comprovadas e estudos demonstram algumas ligações com diabetes, alterações da tireoide e doenças autoimunes, além de traumas acústicos, hipertensão arterial e processos infecciosos.

Publicidade
Comentários
Publicidade
Publicidade

Copyright © 2015-2021 AVB - AO VIVO DE BRASÍLIA - Todos os Direitos Reservados. CNPJ 28.568.221/0001-80 - Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços de notícias de agências nacionais e internacionais, assessorias de imprensa e colaboradores independentes. #GenuinamenteBrasiliense