Curta nossa página

Dedicação e zelo

GDF condecora 236 servidores com Medalha do Mérito Buriti

Redação

Publicado

Foto/Imagem: Paulo H. Carvalho/Agência Brasília
Ian Ferraz e Jéssica Antunes

Como forma de reconhecer o trabalho do funcionalismo para melhorar a produtividade ou reduzir gastos públicos do Distrito Federal, 236 servidores receberam a Medalha do Mérito Buriti de 2019. A solenidade de entrega da condecorações aconteceu nesta terça-feira (3).

A condecoração é destinada a agraciar agentes públicos e membros da sociedade civil pela dedicação e zelo do desempenho das funções e por relevantes serviços prestados à sociedade e ao Governo do Distrito Federal. Secretários de Estado, diretores de empresas públicas, parlamentares, representantes de instituições, empresários e servidores públicos estavam entre os homenageados.

Nilson Santos era só emoção. Aos 51 anos, ele celebra três décadas dedicadas ao funcionalismo público. Servidor da Secretaria de Esporte e Lazer, ele revela que a honraria foi, por muito tempo, um sonho. “Dez anos atrás eu olhava a lista de agraciados e só tinha o alto escalão. Meu dia chegou. Me sinto muito honrado, é a realização de um sonho”, comemorou.

A notícia da homenagem chegou por uma ligação do chefe de Nilson e ele não conseguiu segurar o choro. Até festa em casa ele fez. “É uma medalha que veio por reconhecimento. Gosto muito de ser servidor, trabalho com muito carinho”, disse.

Ouvidor na Administração da Candangolândia, Amphrísio Romeiro Filho, 49 anos, se diz apaixonado pelo serviço público. “A gente vê desde o início da demanda até a conclusão. São 25 anos dedicados ao Governo do DF. Essa medalha é uma coroação de um trabalho feito com muito amor”, revelou o homem, sob os olhares orgulhosos da esposa.

“Ele sempre foi muito competente e dedicado no que faz. Isso é só um reflexo”, valorizou Jeane Romeiro, auxiliar de biblioteca de 42 anos.

Governador valoriza empenho

O governador Ibaneis Rocha foi condecorado antes de agraciar os demais homenageados. Na fala, o chefe do Executivo ressaltou o apoio dos parlamentares da Câmara Legislativa, da Câmara Federal e do Senado. Ele também agradeceu aos nomes que compõem o governo e dedicou carinho os servidores.

“Gostaria de agradecer todo meu secretariado, que tem se empenhado e dedicado. A grande maioria deles trabalha com o coração e a vontade de escrever seu nome em Brasília. Aos administradores regionais, todos têm procurado se integrar com as suas comunidades, a viver suas comunidades e a trazer os problemas fazendo interlocução com a Câmara Legislativa, Federal e Ministérios”, apontou.

Àqueles que fazem parte do quadro de servidores, Ibaneis Rocha direcionou abraço e carinho. “[Essa homenagem] é feita de coração pelo empenho desse serviço público que é feito de forma qualificada, de forma a atender a comunidade e a cuidar das pessoas em todas as áreas. Obrigado a cada um dos servidores dessa cidade”, disse.

Para o governador, com a união de todos esses fatores, a Medalha do Mérito Buriti pode servir como um símbolo do carinho do GDF para com a população. “Foi um ano em que a população sentiu a presença do estado por meio de todos esses órgãos. Acredito que 2020 será um ano de muitas realizações”, destacou.

Processo de escolha

A Medalha do Mérito Buriti é uma tradição no Distrito Federal. Na década de 1970, foi editado o Decreto nº 1.488, que instituiu a congratulação para servidores com o mínimo de dez anos de efetivo exercício.

Em novembro deste ano, um novo texto publicado no Diário Oficial do DF atualizou o primeiro. A honraria é um insígnia circular em dourado fosco. De um lado, ela tem um espécime de buriti desenhado em alto-relevo brilhoso. Do outro, as palavras Brasília e Distrito Federal.

As indicações para receber a Medalha do Mérito Buriti são exclusivas do governador, do vice-governador, dos Secretários de Estado, das autoridades de hierarquia equivalente e dos integrantes do Conselho da Medalha do Mérito Buriti, que tem papel de analisar os nomes.

O Conselho é formado pelos secretários de Economia, André Clemente; de Governo, José Humberto; da Casa Civil, Valdetário Monteiro; e da Casa Militar, Alexandre Spíndola de Ataídes; e pelos chefes de gabinete e do cerimonial do governador. Quem bate o martelo é o próprio chefe do Executivo.

A homenagem é destinada a agentes públicos e integrantes da sociedade civil que atendam a critérios definidos por decreto. É preciso que a pessoa tenha desempenhado funções de modo relevante, com dedicação e zelo pelo serviço público, por exemplo.

O condecorado ainda pode ter contribuído com sugestões, planos e projetos para proporcionar aumento de produtividade, melhor racionalização ou maior economia dos gastos públicos sem que isso seja sua função. O último critério, que pode ser cumulativo, é a pessoa ter prestado serviços relevantes ao GDF ou à comunidade, tendo atos de bravura, de desprendimento ou de dedicação além do dever.

Gás para o futuro

Ao caminhar para o fim do primeiro ano de gestão, secretários de Estado estavam entre os homenageados e valorizaram atos e entregas do governo. “É motivo de muita alegria receber esse reconhecimento”, resumiu Ericka Filippelli, secretária da Mulher. Para ela, isso vai servir de combustível para o futuro.

“Chegamos ao governo enfrentando muitas dificuldades e é muito especial ver que estamos chegando ao fim do ano com muitas entregas, ações, avanços. O governador Ibaneis trouxe uma nova forma de gestão, os secretários trabalham em unidade e isso é muito positivo”.

À frente de uma das pastas mais sensíveis, o secretário de Saúde, Osnei Okumoto, estendeu a homenagem aos servidores de sua pasta. “É uma honra ter o trabalho reconhecido, mas isso representa um conjunto de ações e pessoas capazes de oferecer mudanças. Temos valorosos colegas de trabalho, pessoas muito diferenciadas nas suas especialidades e isso tem mostrado, no decorrer do ano, com a melhora da saúde”.

Para João Pedro Ferraz, que comanda as pastas do Trabalho e de Educação, “a medalha é um incentivo para continuarmos fazendo o trabalhando com afinco”.  A fala foi apoiada pelo titular de Projetos Especiais, Everardo Gueiros. “Desde o início do ano estamos trabalhando duro para melhorar a nossa cidade. O governador Ibaneis tem sido muito exigente e temos visto os frutos aparecerem”, disse.

Secretário das Cidades, Fernando Leite garantiu que a homenagem é “o maior reconhecimento para agente que tem uma vida dedicada à população do DF”. “O setor da agricultura cumpriu todos os seus compromissos com a população rural. Estamos eu e o secretário de Agricultura recebendo, e estamos muito felizes e gratos”, celebrou Denise Fonseca, presidente da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Distrito Federal (Emater-DF).

União por segurança

O secretário de Segurança, Anderson Torres, os comandantes da Polícia Militar (PMDF) e do Corpo de Bombeiros (CBMDF), e o diretor-geral da Polícia Civil (PCDF) também foram homenageados. Em discurso, o governador destacou o trabalho das forças. “Conseguimos fazer a união dessas categorias, fazer com que elas se aproximassem e que a população do DF sentisse um pouco mais de segurança.”

“É muito importante. Isso valoriza o que temos feito e nos dá força para trabalhar mais e mais”, entende o comandante-geral do CBMDF, Emilson ferreira dos Santos. Da corporação, também foi homenageada a bombeira Marizelli Armelinda Dias, que morreu em serviço em setembro aos 31 anos. Para ele, “pegar alguém do seio da tropa, que doou a sua vida pela comunidade, é de suma importância” e leva reconhecimento a toda a tropa.

Comandante-geral da PMDF, Julian Pontes também valorizou a honraria. “Entendo que essa comenda não é para mim, mas para a instituição. A PMDF, juntamente com os demais órgãos da Segurança Pública, está fazendo um grande esforço operacional para entregar à população a segurança que merecemos”, destacou.

Completando a tríade da Segurança, o diretor-geral Robson Cândido enalteceu a importância do reconhecimento do GDF pelas instituições. “Trabalhamos muito este ano, conseguimos solucionar todos os crimes de grande repercussão. Motiva o reconhecimento do nosso empenho”, valorizou.

Duas mortes em 2020

Motoristas de aplicativos sofrem com assaltos a cada 82 horas

Redação

Publicado

Por

Redação
Foto/Imagem: Shutterstock

Na mira dos criminosos, os motoristas de aplicativos no Distrito Federal cobram mais segurança para continuar trabalhando. De acordo com dados da Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal (SSP-DF), em média, a cada 82 horas, um desses profissionais é vítima de assalto com restrição de liberdade.

Em comparação aos últimos dois anos, o crime aumentou 181%, passando de 38 casos para 107, entre 2018 e 2019. Somente no início de 2020, dois profissionais foram mortos na capital federal: Maurício Cuquejo Sodré e Aldenys da Silva. Os jovens de 29 anos foram encontrados mortos após aceitarem corridas em Brasília.

Leonardo Sant’Anna/Divulgação

Para Leonardo Sant’Anna, especialista em segurança pública, é necessário que as plataformas de corrida resguardem mais seus colaboradores. “Mesmo sendo autônomos, é preciso que as empresas filtrem melhor os clientes que fazem cadastro no aplicativo. Exigem do motorista uma série de documentos e verificações. Por que não fazem o mesmo procedimento com os passageiros também?”, diz Sant’Anna.

Além de latrocínios (roubo seguido de morte), a categoria está exposta a sequestros relâmpagos. Ao total, já foram registradas 145 ocorrências desse tipo. “Também é preciso que a polícia esteja atenta e fazendo uma segurança maior em áreas já relatadas pelos motoristas como de risco”, conclui Sant’Anna.

Continuar lendo

Começam em fevereiro

Governo do DF anuncia pacotes para obras de R$ 538,5 milhões

Redação

Publicado

Por

Redação
Foto/Imagem: Renato Alves/Agência Brasília

Durante evento realizado nesta terça-feira (28) na sede da Novacap, o governador Ibaneis Rocha anunciou o primeiro de três pacotes de obras a serem lançadas nos próximos dias. São 36 obras já licitadas, com custo na ordem de R$ 154,3 milhões, além de outras 20, que passarão por licitação nos próximos meses. No total, o investimento será de R$ 538,5 milhões.

“São obras que atingem várias frentes”, explicou o governador. “Vão desde poda de árvores e recuperação asfáltica a reforma de hospitais e de escolas. Até o final deste ano, vamos investir mais de R$ 1,5 bilhão por todos os cantos.”

As primeiras inciativas devem começar a sair do papel ainda em fevereiro, caso do contrato de recuperação das calçadas entre a Rodoviária do Plano Piloto e a Torre de TV, a revitalização de quadras da W3 Sul e a pavimentação de rodovias vicinais.

Geração de empregos

As áreas de desenvolvimento econômico (ADEs) de Ceilândia e do Gama também receberão benefícios. Mais de R$ 7,4 milhões serão empregados na complementação de infraestrutura de drenagem e pavimentação asfáltica e na construção de praças. “Precisamos investir para gerar emprego e renda. Só assim conseguiremos atrair empresas com infraestrutura”, avaliou Ibaneis.

Outras prioridades incluem a licitação do viaduto da Estrada Parque Indústria e Abastecimento (Epig) com o Parque da Cidade, a revitalização da Avenida Hélio Prates (Taguatinga) e a construção de pelo menos mais cinco unidades do Centro de Ensino da Primeira Infância (Cepi) em Planaltina, Gama, Recanto das Emas, Ceilândia e Vila Telebrasília.

Na área da saúde pública, o primeiro pacote de obras autorizou a licitação para construção dos hospitais Centro Sul (Guará) e o Oncológico, além da reforma e ampliação da Ala de Queimados do Hospital Regional da Asa Norte (Hran). “Esse é apenas o primeiro anúncio de uma série que o governador fará; teremos mais novidades nas áreas de saúde e educação”, previu o secretário de Governo, José Humberto Pires.

Além dos tradicionais serviços de tapa-buracos e manutenção da área verde de Brasília, o pacote de obras anunciado também contempla o plantio de 50 mil árvores, a execução e recuperação de calçadas com acessibilidade e a construção de quadras poliesportivas em várias cidades do DF. “Ainda tem muita coisa por vir. Esse é só o começo do que faremos”, disse o secretário de Obras, Luciano Carvalho.

Segurança

Durante o anúncio do pacote de obras, o governador confirmou que nas próximas semanas serão convocados novos policiais militares para reforçar a segurança nas ruas. “A Secretaria de Segurança está fechando os números para que possamos fazer a convocação”, disse.

Ele estimou que cerca de 700 candidatos aprovados no último concurso sejam convocados nos próximos dias para o curso de formação.

Obras já licitadas

  1. Praças da ADE Setor de Materiais de Construção de Ceilândia e Setor de Indústrias de Ceilândia
  2. Complementação da infraestrutura de drenagem e pavimentação asfáltica na ADE do Gama
  3. Revitalização da Praça do Povo, no Setor Comercial Sul
  4. Revitalização da W3 Sul, nas quadras 509 e 510
  5. Construção da bacia de detenção no Km 4 da DF-290 (Santa Maria)
  6. Estudo de Impacto de Vizinhança (EIV) do túnel de Taguatinga
  7. Execução dos serviços de complementação do cercamento da poligonal do Parque Ecológico Ezechias Heringer (Guará)
  8. Recuperação de calçadas entre a Rodoviária e a Torre de TV
  9. Execução de calçadas em diversos locais de Águas Claras
  10. Plantio de 50 mil árvores
  11. Poda de árvores no Plano Piloto, Sudoeste, Octogonal, Cruzeiro, SIA, Lago Sul, São Sebastião, Jardim Botânico, Núcleo Bandeirante, Guará/Lucio Costa, Candangolândia, Vicente Pires, Brazlândia e Ceilândia
  12. Implantação de via de ligação do Fórum do Itapoã à DF-440
  13. Recapeamento do Trevo de Triagem Sul ao Eixinho Oeste
  14. Recapeamento das tesourinhas onde estão sendo feitas as recuperações dos viadutos
  15. Terraplenagem da via SCIA/ PQNB e trecho da Epac
  16. Execução de forro lateral na Feira Modelo Sobradinho
  17. Manutenção de elevadores e escadas da Rodoviária do Plano Piloto
  18. Manutenção e reforma do mastro da Bandeira
  19. Construção das academias universais, Pontos de Encontro Comunitários (PECs) e parquinhos
  20. Construção de quadra poliesportiva – Colégio Dom Pedro II
  21. Construção de quadra poliesportiva – Cruzeiro
  22. Construção de quadra poliesportiva – QR 122 – Santa Maria
  23. Escola Porto Rico
  24. Escola Classe Itapoã e Recanto das Emas
  25. Construção da UBS Paranoá Parque
  26. Construção da UBS Mangueiral
  27. Construção da UBS Ceilândia
  28. Construção da UBS Vale do Amanhecer
  29. Construção da UBS Buritizinho
  30. Construção de ciclovia na DF-459 (ligação Ceilândia/Samambaia)
  31. Construção de ponte e canal em concreto na DF-079 – EPVL (Park Way)
  32. Construção de novas faixas de rolamento, ciclofaixas, sinalização vertical e horizontal na DF-047 – Epar (Trecho DF-051-DF-025)
  33. Construção de ponte e via marginal na DF-095 – Estrutural (Córrego Vicente Pires)
  34. Implantação de pavimento na Rua São Bartolomeu, em São Sebastião
  35. Pavimentação da rodovia vicinal VC-441, entroncamento com a DF-285 e a Colônia Agrícola Lamarão
  36. Pavimentação da rodovia VC-461 (Núcleo Rural Jardim II)

Licitações autorizadas

  1. Requalificação do Setor de Rádio e Televisão Sul
  2. Complementação do Sistema Viário da Estrada Setor Policial Militar (ESPM) até o Terminal da Asa Sul (TAS)
  3. Viaduto da Estrada Parque Indústria e Abastecimento (Epig) com o Parque da Cidade
  4. Revitalização da W3 Sul nas quadras 513 e 514
  5. Supervisão da obra do viaduto da Epig com o Parque da Cidade
  6. Supervisão da obra do túnel de Taguatinga
  7. Revitalização do Trecho III da Avenida Hélio Prates
  8. Revitalização e urbanização do Setor de Oficinas Sul
  9. Projeto do Drenar Plano Piloto, Faixa 01/02 Norte
  10. Plantio de grama – projeto básico concluído no Noroeste
  11. Manutenção de vias (tapa-buraco)
  12. Manutenção, execução e recuperação de calçadas com acessibilidade em todo o Distrito Federal
  13. Realização de sondagens e ensaios técnicos
  14. Reforma e ampliação da Ala de Queimados do Hospital Regional da Asa Norte (Hran)
  15. Revitalização da Fonte do Buriti
  16. Centros de Primeira Infância (Cepis): Vila Telebrasilia, Planaltina, Gama, Recanto das Emas, Ceilândia
  17. Projeto Hospital do Centro-Sul
  18. Construção do Hospital Oncológico
  19. Construção da Procuradoria Geral do Distrito Federal
  20. Reforma da Ponte Costa e Silva
Continuar lendo

Atende 50 animais por dia

Hospital Veterinário do DF espera ampliar atendimentos em 2020

Redação

Publicado

Por

Redação
Foto/Imagem: Tony Winston/Agência Brasília

Com atendimento a moradores do Distrito Federal, de Goiás, de Tocantins e até da Bahia, o Hospital Veterinário Público (Hvep) se tornou referência na consulta de animais domésticos no Centro-Oeste. Administrado pelo Brasília Ambiental, o hospital está no Parque Lago do Cortado, em Taguatinga, e já recebeu, desde sua criação, mais de 23 mil cães e gatos.

A operadora de caixa Ana Luísa Sampaio esteve pela primeira vez no HVEP, onde foi levar sua cadela Amore que apresentava quadro clínico de doença de carrapato.  Residente em Samambaia, ela aprovou o serviço. “O acolhimento dos funcionários e veterinários é ótimo. Tratam os animais com paciência e atenção”, disse.

Para a moradora de São Sebastião e tutora frequente do Hospital Veterinário Ana Cláudia, a possibilidade de resgatar animais abandonados, que necessitam de cuidados e, principalmente, ter um hospital público que os acolhe gratuitamente é muito gratificante. “Recolho animais e alguns estão muito doentes, não tenho condições para levá-los ao veterinário particular e aqui no Hvep a equipe e o atendimento são melhores”.

Desde sua criação, em abril de 2018, o hospital atende em média 50 animais por dia, realizando mais de 150 mil procedimentos veterinários, entre exames de imagem, administração de medicamentos, cirurgias e serviços laboratoriais.

A previsão para 2020 é receber ainda mais animais, visto que 30% das demandas já são de outros estados.  “Queremos aumentar o número de atendimentos diários, juntamente com os de cirurgias, para também receber ainda mais tutores e animais que vêm do Entorno de Brasília e de outros estados”, afirma a diretora do Hvep, Mayara Cauper.

Segundo o diretor de Conservação do Brasília Ambiental (Dicon), Alexandre Rocha dos Santos, o trabalho desenvolvido pela equipe do Hospital Veterinário e dos servidores do Instituto vem mostrando resultados bastante positivos, ressaltando sempre o atendimento às pessoas mais carentes. “A cada ano estamos superando nossas metas com qualidade no serviço”, completou.

Continuar lendo
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas da Semana

Copyright © 2015-2020 AVB - AO VIVO DE BRASÍLIA - Todos os Direitos Reservados. CNPJ 28.568.221/0001-80 - SIG Quadra 01, Lote 385, Platinum Office, Sala 117 - Brasília-DF - Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agências Internacionais, assessorias de imprensa e colaboradores.