Curta nossa página

Science Direct

Estudo revela que vírus da Covid-19 é capaz de matar células do coração

Publicado

organismo ataca novo coronavírus covid-19
Foto/Imagem: Getty Images


Um novo estudo fornece evidências de que os danos ao coração de pessoas infectadas com o novo coronavírus são causados ​​pela invasão e replicação do vírus SARS-CoV-2 dentro das células do músculo cardíaco, levando à morte celular e interferindo na contração do músculo cardíaco. Os resultados foram publicados na revista científica Science Direct.

Os cientistas realizaram autópsias em pessoas que morreram em decorrência da Covid-19 e expuseram células-tronco cultivadas ao vírus, a fim de mostrar que o coronavírus pode infectar células do músculo cardíaco.

“No início da pandemia, tínhamos evidências de que este [novo] coronavírus pode causar insuficiência cardíaca ou lesão cardíaca em pessoas geralmente saudáveis, o que foi alarmante para a comunidade de cardiologia […]. Até mesmo alguns atletas universitários que foram liberados para voltar às competições de atletismo após a infecção por Covid-19 mostraram posteriormente cicatrizes no coração”, afirma em comunicado Kory Lavine, coautora do estudo.

Lavine acrescentou que há um debate contínuo sobre se o dano ao coração é causado pela infecção real do SARS-CoV-2 ou se decorre de uma resposta imune inflamatória desencadeada pelo vírus. Mas, de acordo com a cientista, este novo estudo deve encerrar o debate.

“Nosso estudo é único porque mostra definitivamente que, em pacientes com Covid-19 que desenvolveram insuficiência cardíaca, o vírus infecta o coração, especificamente as células do músculo cardíaco […]. A inflamação pode ser um segundo golpe além dos danos causados ​​pelo vírus, mas a inflamação em si não é a causa inicial da lesão cardíaca”, comenta Lavine.

Parte do motivo pelo qual essas questões de causalidade em danos ao coração têm sido difíceis de responder é a dificuldade de estudar o tecido cardíaco de pacientes com Covid-19. Os pesquisadores foram capazes de validar suas descobertas estudando o tecido de quatro pacientes com Covid-19 que tiveram lesão cardíaca associada à infecção, mas mais pesquisas são necessárias.

Atualizado em 03/03/2021 – 10:10.

Publicidade
Comentários
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas da Semana