Curta nossa página
Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Segurança alimentar

Coronavírus: população de rua do Distrito Federal recebe refeições

Redação

Publicado

Foto/Imagem: Divulgação/Sedes


Segue a gente no
Google News

A partir desta quarta-feira (25), as equipes do Serviço Especializado em Abordagem Social, da Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes), intensificam o trabalho voltado à segurança alimentar da população de rua do Distrito Federal e começam a distribuir, também, o jantar. Cerca de duas mil marmitas vão ser entregues em todas as regiões onde há pessoas em situação de rua.

O almoço, porém, já vem sendo entregue desde a semana passada, na mesma quantidade e nos mesmos pontos. Desde o início de março, a Sedes atualizou seu mapeamento sobre a concentração da população de rua no DF. Esse trabalho identificou cerca de 1,9 mil pessoas em todo o DF e onde elas geralmente costumam ficar, por se tratar de um público que se movimenta bastante.

“Traçamos um planejamento com todas as áreas da secretaria para intensificar a assistência a essa população tão vulnerável”, destaca o secretário Ricardo Guterres. “Estamos finalizando o espaço de convivência e isolamento no Autódromo e, até o início de seu funcionamento, nos próximos dias, vamos assegurar a alimentação dessas pessoas”, complementa.

Covid-19

Como idosos integram o público mais suscetível à contaminação, esse recorte da população passou a ser o foco do trabalho da secretaria, que se embasou em dois objetivos. O primeiro é verificar a existência de vínculo familiar ou comunitário, para que seja feita uma intervenção com o objetivo de esse idoso retornar à família de origem. O outro, não havendo um lar de referência, é atendimento e encaminhamento para uma das unidades de acolhimento.

Além disso, o Serviço Especializado em Abordagem Social, que realiza o atendimento diretamente nas ruas, uniu forças às equipes do Consultório na Rua, da Secretaria de Saúde. Essas ações são voltadas para difusão de estratégias de prevenção, para identificação de pessoas adoecidas e encaminhamento para rede de saúde quando for o caso. Todas as 30 equipes especializadas em abordagem social foram instruídas a intensificar a disseminação das informações referentes ao cuidado e à higiene pessoal.

A secretaria conta com dois Centros Pops (Taguatinga e Plano Piloto), que atendem uma média de 500 pessoas diariamente. Nesses lugares, a população em situação de rua pode tomar banho, lavar roupas, utensílios pessoais e afins; além de tomar café da manhã, almoço e lanche no período da tarde.

Publicidade

Participe da Enquete

Como você avalia o mandato do governador Ibaneis Rocha (MDB)?



ver resultados

Carregando ... Carregando ...
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas da Semana

Copyright © 2015-2020 AVB - AO VIVO DE BRASÍLIA - Todos os Direitos Reservados. CNPJ 28.568.221/0001-80 - Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços de notícias de agências nacionais e internacionais, assessorias de imprensa e colaboradores independentes. #GenuinamenteBrasiliense