Curta nossa página
Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


No meu dinheiro mando eu

Abrapp alerta consumidor para “armadilhas” na hora de comprar

Redação

Publicado

Foto/Imagem: Rovena Rosa/Agência Brasil
Ludmilla Souza

Comprar um vestido pela metade do preço ou um carro zero quilômetro sem precisar dar uma entrada. Essas ofertas tentadoras muitas vezes podem ser o gatilho para o consumo desenfreado.

E o combate ao consumo excessivo é o foco da campanha de educação financeira No meu dinheiro mando eu, da Associação Brasileira das Entidades Fechadas de Previdência Complementar (Abrapp).

“As mais comuns são as grandes promoções com zero de entrada; pague 2 e leve 3; cartão de crédito com o limite turbinado; 50% OFF; 10x sem juros; planos anuais e a Black Friday”, disse o integrante da Comissão Técnica de Estratégia e Criação de Valor da Abrapp, Cristiano Verardo.

A campanha descreve “armadilhas” que seduzem  para dar dicas ao consumidor de como não se deixar levar pelo impulso de comprar e a cometer erros. Em relação aos planos de academias de ginástica, por exemplo, a recomendação é que consumidor avalie quais as vantagens e desvantagens de contratar um plano anual, semestral ou mensal e analisar a economia real ao contratar o serviço.

Verardo alerta que o consumidor precisa refletir, antes de comprar, se realmente necessita daquele produto ou serviço.

“Os consumidores também não avaliam os custos envolvidos em uma compra, como por exemplo, o seguro e o IPVA do carro novo; ração, consultas, brinquedos e remédios de um novo cachorrinho; ou alimentação, hospedagem e passeios, ao comprar uma passagem de avião em uma oferta relâmpago”, disse.

Outros exemplos citados são “achar que é necessário ter os produtos tops de linha”, “não apurar os juros ou taxas cobradas em suas transações comerciais” ou ainda adquirir itens “baratinhos” sem avaliar a qualidade da mercadoria.

Segundo a Abrapp, a ideia da campanha não é colocar em dúvida os benefícios das ofertas e promoções, mas chamar a atenção para a responsabilidade do consumidor sobre a tomada de decisão. “Não somos contra o consumo. Dinheiro é feito para gastar, mas antes é preciso fazer sobrar e, depois consumir de forma consciente na hora e no momento certo. Entendemos que a educação financeira é uma base importante para a aposentadoria. O jovem que administra com sabedoria as suas finanças e faz uma poupança previdenciária, chegará a maturidade com a segurança de uma fonte de renda confiável”, defende o presidente da Abrapp, Luis Ricardo Martins.

A campanha é uma das ações da 5ª edição da Semana Nacional de Educação Financeira (Enef), organizada pelo Comitê Nacional de Educação Financeira (Conef), que vai até o próximo domingo (20) com atividades abertas ao público em todo o país.

O objetivo é disseminar a educação financeira e previdenciária no país.

A programação está disponível no site da semana.

Publicidade

AstraZeneca/Fiocruz

Governo federal anuncia distribuição de 3,9 milhões de vacinas nesta semana

Redação

Publicado

Por

Redação
Foto/Imagem: Dirk Waem/Reuters

O Ministério da Saúde enviará mais 3,9 milhões de vacinas AstraZeneca/Fiocruz para todos os estados e o Distrito Federal, a partir desta segunda-feira (10).

A Região Norte receberá 281,4 mil doses, a Região Nordeste terá 984,1 mil doses e a Região Centro-Oeste receberá 294,1 mil doses. Já as regiões Sudeste e Sul receberão 1,79 milhão e 624,3 mil doses, respectivamente.

Além disso, o Ministério da Saúde distribuiu, ontem (7), quase 1 milhão de doses da CoronaVac/Butantan para uso apenas como segunda dose (D2). A ideia é completar os esquemas vacinais de mais de 900 mil pessoas.

Continuar lendo

Tudo on-line

Startup Take Blip oferece 30 mil bolsas para formar desenvolvedores

Redação

Publicado

Por

Redação
Foto/Imagem: Pexels

A startup Take Blip, plataforma de chatbots, vai oferecer mais de 30 mil bolsas de estudos para formação em linguagens de programação. Neste primeiro momento, serão distribuídas 10 mil vagas para o programa Take Blip Fullstack Developer, que visa formar desenvolvedores generalistas.

No fim das aulas, serão selecionados 300 novos desenvolvedores para compor um banco de talentos e disputar vagas na própria Take Blip e em outras empresas parceiras.

O programa de formação é on-line, gratuito e não há pré-requisitos para a participação. Os interessados devem se inscrever, até o próximo dia 27 de maio, na página da Órbi Academy, responsável pelo conteúdo. Além da parte teórica, os estudantes terão acesso a desafios de projetos e desafios de códigos práticos.

A trilha de aprendizagem conta com 97 horas e está dividida em 17 módulos. Entre os instrutores, estão profissionais de grandes empresas, como XP Investimentos, QuintoAndar, Banco Safra, LuizaLabs e EBANX.

Para Daniel Costa, diretor de recursos humanos da Take Blip, o programa é uma forma de democratizar o aprendizado e criar oportunidades no mercado de trabalho. “Qualquer pessoa que tenha interesse poderá ter acesso aos bootcamps. Até mesmo quem não é da área de tecnologia poderá transformar sua carreira e se candidatar às vagas em Take Blip e outras empresas de ponta”, garante.

Atualmente, o Brasil sofre com a escassez de profissionais de tecnologia. Um levantamento da Brasscom (Associação das Empresas de TI e Comunicação) mostra que isso vai piorar e, até 2024, a demanda por profissionais desta área deve chegar a 420 mil.

Continuar lendo
Publicidade
Publicidade

Copyright © 2015-2021 AVB - AO VIVO DE BRASÍLIA - Todos os Direitos Reservados. CNPJ 28.568.221/0001-80 - Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços de notícias de agências nacionais e internacionais, assessorias de imprensa e colaboradores independentes. #GenuinamenteBrasiliense